nsc

publicidade

Brasileirão

Chapecoense tem três dúvidas para partida contra o Cruzeiro

Gustavo Campanharo, Douglas e Alan Ruschel ainda se recuperam de lesão

23/05/2019 - 11h23 - Atualizada em: 23/05/2019 - 12h54

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Gustavo Campanharo, meia da Chapecoense
Gustavo Campanharo fez falta nas derrotas para o Flamengo e Fortaleza e pode voltar contra o Cruzeiro

A Chapecoense tem três dúvidas para encarar o Cruzeiro neste domingo, 19h, no Independência: Gustavo Campanharo, Douglas e Alan Ruschel.

Gustavo Campanharo, que não participou das derrotas para Flamengo e Santos, devido a uma lesão muscular, já treina com o grupo mas ainda está em fase de transição. O jogador tem a expectativa de ser relacionado mas isso vai depender de sua evolução nos treinamentos até esta sexta-feira.

O zagueiro Douglas, que não jogou contra o Fortaleza devido a dores na coxa direita, fará testes nesta quinta-feira. O lateral e meia Alan Ruschel está com edema devido a um pisão no pé.

Já o meia Renato, que também não atuou contra o Fortaleza devido a um torcicolo, está liberado.

Quem está treinando com o grupo mas ainda não pode jogar é o meia-atacante Renato Kayser, que estava na Ponte Preta mas deixou o clube paulista e acertou empréstimo do Cruzeiro para a Chapecoense. Só não pode atuar no domingo devido a um acordo com o time mineiro.

Kayser já mostrou serviço no jogo treino contra o Concórdia, na quarta-feira, marcando um dos gols da vitória por 2 a 1. O outro foi do meia Marcos Vinícius, que veio do Botafogo.

Também há movimentação nos bastidores do clube. Bruno Pacheco estaria na mira de clubes até do exterior. O diretor de futebol, Newton Drummond, não confirma proposta. Mas reconhece a possibilidade de saída de alguns jogadores, por empréstimo.

- Alguns jogadores que não estão sendo muito aproveitados, como o atacante Lourency, o lateral Roberto e também outros, tem interesse de outros clubes mas não chegou nenhuma proposta. Se chegar vamos avaliar se é bom para o jogador e para a Chapecoense – disse.

Ele não confirmou uma possível troca de Lourency pelo goleiro Luiz, do Criciúma. Disse ainda que não há intenção de liberar Renato, que poderia voltar para o Avaí. Drummond reconhece que o jogador ainda não desencantou na Chapecoense mas que o clube confia no potencial do atleta.

Em relação a possíveis propostas pelo atacante Everaldo, que está emprestado pelo Querétaro, o diretor disse que a intenção é mantê-lo.

- Nós vamos lutar para manter o jogador na Chapecoense. Ele tem contrato conosco até o final do ano e não pretendemos liberá-lo. Também temos preferência na opção de compra, que está com valor previsto em contrato – disse Drummond.

Deixe seu comentário:

publicidade