publicidade

Cotidiano
Navegue por

Chuva

Chuva alaga ruas de Joinville no fim da tarde desta terça-feira

O terminal central ficou com uma lâmina de pelo menos 20 centímetros e algumas plataformas ficaram debaixo da água

20/01/2015 - 18h25 - Atualizada em: 21/01/2015 - 07h48

Compartilhe

Por Redação NSC
Centro de Joinville ficou alagado
Centro de Joinville ficou alagado
(Foto: )

Os motoristas que saíam do trabalho ou precisaram passar pelo Centro de Joinville no fim da tarde desta terça-feira tiveram problemas. Várias ruas ficaram alagadas por cerca de uma hora, especialmente no Centro e nos acessos aos bairros das zonas Sul e Norte.

O terminal central ficou com uma lâmina de pelo menos 20 centímetros e algumas plataformas ficaram debaixo da água. As linhas foram mantidas.

:: Leia as últimas notícias de Joinville e região

:: Ventania causa estragos em Pirabeiraba, zona Norte de Joinville

A rua Dona Francisca, perto do Museu do Sambaqui, foi uma das mais atingidas. Um táxi ficou preso na água e o veículo não funcionou mais.

O rio Cachoeira transbordou em vários trechos, mas não foi preciso interditar ou alterar o sentido do trânsito. Quem saía do trabalho a pé teve de tirar o calçado, levantar a calça e andar com água na altura da canela.

Nas zonas Sul e Norte, os motoristas tiveram de enfrentar quase uma hora de filas e desvios para chegar em casa. Vários córregos e braços que desaguam no rio Cachoeira transbordaram.

Na zona Sul, os rios que cortam o bairro Floresta, que já haviam alagado ruas e casas no começo do ano, voltaram a dar trabalho.

O problema durou cerca de uma hora e, por volta das 20 horas, a situação começou a se normalizar.

Previsão de mais temporais até a sexta-feira

A Defesa Civil emitiu um comunicado no começo da noite desta terça-feira com o levantamento dos problemas causados pela forte chuva e um alerta de temporais até a próxima sexta-feira.

Há risco de descargas elétricas (raios), rajadas fortes de vento e possibilidade de granizo isolado, associados às pancadas de chuva que podem ser fortes por alguns momentos em todas as regiões.

Segundo o alerta, há um sistema de baixa pressão que permanece próximo ao litoral de SC e PR, provocando chuva persistente, com totais previstos entre 80mm e 120mm no Litoral Norte.

De acordo com o levantamento desta terça-feira, os bairros da região Norte e central foram os mais atingidos. A estação do Costa e Silva registrou 70 mm de precipitação em apenas uma hora. A chuva coincidiu com o pico da maré dificultando o escoamento das águas da rede de drenagem ampliando os efeitos da chuva.

Cuidados com a navegação

O ar frio no mar irá trazer um reforço na ondulação Sul/Sudeste com ondas próximas dos 2 metros na costa entre amanhã e sexta com ondas ainda maiores afastado da costa. Não se aconselha navegação nos dois próximos dias até pelo vento mais forte sobre o mar.

Leitores registraram alagamentos no Centro e na zona Norte da cidade:

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação