nsc

publicidade

Tempo instável

Chuva forte causa transtornos em cidades do Sul de Santa Catarina

Criciúma, Laguna, Imaruí, Imbituba, Jaguaruna e Tubarão tem pontos de alagamento já identificados pela Defesa Civil

24/05/2019 - 15h44 - Atualizada em: 24/05/2019 - 23h28

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
BR-101
Cabeceira de ponte cede e interdita BR-101 em Sangão, no Sul de SC
(Foto: )

A chuva forte que atinge Santa Catarina nesta sexta-feira (24) colocou a Defesa Civil em alerta. No Sul do Estado, diversas cidades apresentam pontos de alagamento.

Por volta das 20h, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a BR-101, no km 356, em Sangão, está interditada totalmente nos dois sentidos por causa de um desnível na pista. A cabeceira de uma ponte cedeu cerca de 20 centímetros. O motivo é uma erosão na rodovia causada pelo excesso de chuvas.

Em Jaguaruna, o trevo de acesso à BR-101 apresentou acúmulo de água, impossibilitando o tráfego na tarde desta sexta-feira. A Polícia Militar foi até o local e orientou os motoristas a buscarem rotas alternativas.

Na mesma localidade, a PRF informou a interdição total do Km 349 da rodovia federal, em virtude da pista alagada. Por volta das 18h20min, todas as pistas tinham sido liberadas, mas o trânsito ainda segue lento na região.

BR-101
Trecho da BR-101 em Jaguaruna chegou a ficar interditado na tarde desta sexta por causa de água na pista
(Foto: )

Em Criciúma, a área central da cidade apresenta pontos de alagamento, e houve transbordamento de um córrego na Vila Rica. Em Imaruí, a chuva intensa durou duas horas, das 11h às 13h. Córregos transbordaram e o acesso a algumas comunidades do interior está prejudicado, devido ao acumulo de água nas estradas rurais.

Imbituba também contabiliza estragos, e além do 199, o telefone (48) 3255-4715 está a disposição da população. Em Laguna, a cachoeira do Ribeirão Pequeno transbordou, e a comunidade está alagada. A estrada da Figueira abriu, a comunidade ficou ilhada, e uma equipe de trabalho já está no local.

A previsão de mais chuva para o restante da sexta-feira fez a Unisul em Tubarão, Araranguá e Içara cancelar as aulas. A direção da universidade enviou um informativo à comunidade acadêmica alertando sobre as condições climáticas e a suspensão das atividades.

Coordenador regional da Defesa Civil da região de Tubarão, Anderson Martins Cardoso, disse que uma família foi retirada de casa em Pescaria Brava por precaução. O terreno sofreu erosão, e um dos pilares do imóvel ficou exposto.

Defesa Civil, Divulgação
Pilar ficou exposto e família foi retirada de casa em Pescaria Brava
(Foto: )

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar de Tubarão, desde o início da manhã foram mais de 35 ligações para a Central de Operações referentes a casos de residências atingidas por alagamentos nos municípios de Imaruí, Imbituba e Tubarão.

Para os atendimentos de urgência, o telefone geral da Defesa Civil é o 199.

Acumulados pluviométricos nas últimas 24 horas, segundo a Defesa Civil Estadual:

Laguna (Bananal) 110 mm

Jaguaruna - 96 mm

Tubarão - 71 mm

Imbituba - 69 mm

Pedras Grandes - 43 mm

Orleans - 34 mm

São Martinho - 33 mm

Armazém - 32 mm

Braço do Norte - 30 mm

Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao portal, ler as edições digitais do DC, AN e Santa e aproveitar os descontos do Clube NSC. Acesse assinensc.com.br e faça sua assinatura.

Deixe seu comentário:

publicidade