publicidade

Cotidiano
Navegue por

Infraestrutura

Ciclistas reclamam de trecho sem ciclofaixa na rua Guanabara, em Joinville  

Trecho que vai da esquina com a Rua Santo Agostinho até o terminal de ônibus tem preocupado ciclistas

05/12/2018 - 14h04 - Atualizada em: 07/12/2018 - 18h27

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Geraldo trafega todos os dias pela rua e enxerga perigos no trajeto
Geraldo trafega todos os dias pela rua e enxerga perigos no trajeto
(Foto: )

Motoristas que transitam pela rua Guanabara para sair da zona Sul e chegar à região central de Joinville precisam ter paciência, principalmente nas primeiras horas da manhã. O trânsito é intenso e há formação de filas em diversos trechos.

Além dos motoristas, os ciclistas também sofrem com a infraestrutura precária da via.

O que você achou do novo site do AN? Opine!​

Um trecho de 300 metros sem ciclofaixa, que vai da esquina com a Rua Santo Agostinho até o terminal de ônibus, tem preocupado ciclistas que passam diariamente pela rua.

Buracos e remendos transformam rua Helmut Fallgatter em "colcha de retalhos"

A faixa exclusiva para as bicicletas existe em praticamente toda a rua, mas é interrompida nessa parte da via. Para piorar, o acostamento está coberto de saibro e alguns ciclistas passam quase no meio da rua, correndo o risco de serem atropelados.

Geraldo Ferreira, 46 anos, é um dos usuários que trafega todos os dias pelo local e aponta os perigos do trajeto. Segundo ele, o momento mais complicado é em horários de pico, quando passa pelo trecho após sair do trabalho e se desloca até em casa:

— Aqui vem carros de todos os lados e fica perigoso. Tem também as crianças que saem da escola no final da tarde e correm perigo ao passar por aqui.

Trecho de três quilômetros da rua 15 de Novembro tem 70 buracos em Joinville

Para ele, a solução seria a implantação de uma ciclofaixa ou de um passeio compartilhado, como já existe em outro trecho da rua Guanabara.

Yvenson já sofreu um acidente no local por causa do alto fluxo de bicicletas
Yvenson já sofreu um acidente no local por causa do alto fluxo de bicicletas
(Foto: )

Falta de faixa exclusiva causa acidentes

O técnico mecânico Yvenson Placide, 29 anos, já sofreu um acidente no local por causa do alto fluxo de bicicletas. Como não há a faixa exclusiva, elas aproveitam a calçada de um supermercado para reduzir o risco de serem atropelados pelos carros. No entanto, o ciclista já foi atingido por outra bicicleta enquanto fazia esse percurso. Até hoje ele tem a roda torta por causa da colisão.

Segundo a prefeitura, a Rua Guanabara será beneficiada com melhorias para a circulação de ciclistas, mas não há previsão de datas. O município afirmou que o Plano de Mobilidade projeta a ampliação da rede cicloviária na cidade, com ações que acontecem com base em um planejamento. A projeção é fazer as interligações da rede à medida que ela é implantada.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação