O clima era de conscientização na Praça Bento Silvério, na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, neste sábado. O evento Cidade Melhor, apoiado por 35 organizações, promoveu discussões sobre melhorias para Florianópolis. O movimento Floripa Te Quero Bem, apoiado pelo Grupo RBS, também participou da iniciativa, que movimentou a Lagoa das 10h às 17h.

Continua depois da publicidade

A chuva à tarde atrapalhou um pouco, mas a estimativa dos organizadores é que cerca de mil pessoas passem pelo local. O tema principal do encontro, que também teve artes e artesanato, oficinas e ações ambientais – foi o descarte consciente de resíduos sólidos.

– O objetivo do Cidade Melhor é que as pessoas percebam que todo o dia estão jogando coisas fora que podem ser reaproveitadas de várias formas. Descarte só é lixo quando há mistura (de resíduos orgânicos com papel e plástico, por exemplo – explica Heitor Blum S. Thiago, presidente executivo do Comitê para a Democratização da Informática em Santa Catarina (CDI).

E formas de se informar não faltaram. As organizações participantes mantiveram estandes e faziam mini oficinas para o público sobre reciclagem do óleo, reaproveitamento de material eletrônico e legislação da área de descarte de resíduos. Além disso, por volta das 15h, os participantes fizeram um abraço representativo em manifestação contra a poluição da Lagoa.

Anderson Giovani da Silva, gerente executivo do Instituto Comunitário Grande Florianópolis (Icom), estava no local representando o movimento Floripa Te Quero Bem. Para ele, o evento é uma oportunidade para conhecer questões relacionadas aos desafios da cidade.

Continua depois da publicidade

– Em eventos como esse, o movimento Floripa Te Quero Bem quer mostrar para as pessoas que existem várias formas delas participarem de processos de mudança – conta ele.

Essa foi a terceira edição do Cidade Melhor – que já passou pela Beira-Mar Norte, em agosto de 2012, e pelo Parque de Coqueiros, em outubro de 2013. A quarta está prevista para setembro de de 2014 e será realizada no Norte da Ilha de SC. Segundo os organizadores, a ideia é conscientizar a população de diferentes pontos de Florianópolis.

Destaques do NSC Total