Um dos grandes pilares para uma vida mais saudável é a alimentação. Sem cuidar dela, o seu rendimento físico não será o mesmo. O sono fica ruim, o corpo mais cansado, a indisposição bate. Além de ser importante para a qualidade de vida, faz uma grande diferença em longo prazo. 

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

O que esperar do futebol catarinense em 2024

Segundo a nutricionista Maria Eduarda Costa, pós-graduanda em Nutrição e Fisiologia do Exercício, uma alimentação balanceada contribui para prevenir uma série de doenças, como obesidade, diabetes, hipertensão, entre outras condições crônicas. 

Continua depois da publicidade

Maria Eduarda Costa é nutricionista e pós-graduanda em Nutrição e Fisiologia do Exercício

De acordo com a profissional, ao consumir uma boa variedade de alimentos, incluindo frutas, vegetais, proteínas, grãos integrais e gorduras saudáveis, você garante uma ingestão mais ampla de vitaminas, minerais e fibras, além de garantir boas fontes de carboidratos, proteínas e gorduras. 

Com a vastidão de informações sobre nutrição nas redes sociais hoje em dia, é comum que algumas não correspondam com a verdade. Confira nesta matéria cinco desinformações sobre a alimentação saudável para atletas que talvez você acredite, e entenda por que elas são falsas

1- Cuidar da alimentação não é sobre estética, é saúde! 

Sabe quando o treino ou competição não rendem muito bem? O motivo pode ser a alimentação. Afinal, cuidar do que você come faz diferença no desempenho esportivo. 

Uma boa alimentação é indispensável para fornecer energia adequada aos praticantes de atividade física, auxílio na recuperação muscular, manutenção da hidratação sendo ponto de extrema importância e muitas vezes negligenciado pela maioria das pessoas – afirmou a nutricionista.

Continua depois da publicidade

2 – Carboidratos não são inimigos 

Tenho certeza que você já pensou ou ouviu alguém se referir sobre os carboidratos como grandes ‘’vilões’’ de uma alimentação balanceada. Essa afirmação é reproduzida, na maioria das vezes, com base em desinformação, ou por adeptos a dietas radicais. 

A verdade é que os carboidratos, quando ajustados na quantidade certa para cada organismo, auxiliam na qualidade do sono, no funcionamento do intestino, na disposição e na melhora do humor, sem contar no rendimento esportivo.

Os riscos enfrentados por um atleta que negligencia o consumo e a importância do carboidrato passam por uma fadiga “precoce”, ou seja, o atleta se cansar muito antes do previsto, risco de ter câimbras ou lesões, além de pode ocorrer um quadro de hipoglicemia pela baixa dos níveis de glicose no sangue, causando tontura, fraqueza, confusão mental a até mesmo desmaios. Sem falar na recuperação pós atividade física que fica absolutamente comprometida! esclareceu Costa.

3 – O cuidado com a suplementação é essencial para um bom rendimento

Quando se pratica esporte de resistência, como triatlo, corrida e ciclismo, o cuidado com a suplementação é ainda mais importante. Seja com pré-treinos ou intratreinos, o uso adequado de carboidratos tem o objetivo de não deixar com que a energia baixe. 

Continua depois da publicidade

Em atividades de alta intensidade ou de longa duração (acima de 1h), os estoques de glicogênio muscular, que podem ser compreendidos como a energia do músculo, podem se esgotar. Nesse ponto, os suplementos ricos em carboidratos como os géis, bebidas específicas ou até mesmo gomas, podem fornecer uma fonte rápida de energia no intuito de não deixar o rendimento do atleta ou sua energia acabarem afirmou.

4 – Pré-treinos não têm o mesmo efeito em todas as pessoas

Quando se fala nos pré-treinos, existe um mar de opções e justamente por isso, o cuidado é ainda maior. Já que nem tudo que funciona para uma pessoa, serve para outra. E hoje em dia, com tantas informações nas redes sociais, entender e ter o auxílio de quem estuda sobre o assunto é ainda mais importante.

Cada paciente possui um perfil genético e metabólico diferente do outro. Sendo assim, a suplementação que pode beneficiar um atleta, pode ser terrível para outro. É de extrema importância que você conheça bem o seu corpo, limites e necessidades. Muito cuidado com o que compram, fique atento a lista de ingredientes e procure por marcas que conheça e que possa ter o mínimo de garantia da matéria prima que está consumindo explicou.

5 – O acompanhamento nutricional é essencial para uma alimentação saudável

Já deu para entender que o simples funciona. A alimentação saudável traz mais saúde, bem-estar e qualidade de vida. Dietas mirabolantes e restrições excessivas tendem a ter efeitos indesejados, seja estético ou funcional. E quando se pensa nisso, o acompanhamento nutricional se faz ainda mais necessário. 

Continua depois da publicidade

A nutrição esportiva tem como objetivo principal tirar o melhor proveito do atleta, fazendo com que a alimentação adequada junto aos demais pontos citados acima, possa proporcionar o mais alto desempenho do paciente, sempre visando sua evolução e melhor performance finalizou a nutricionista.

Confira na galeria cinco dicas para manter a alimentação equilibrada*

* por Bruna Zanin

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Destaques do NSC Total