nsc
    an

    publicidade

    Claudio Loetz

    Claudio Loetz: Ajorpeme comemora aprovação de projeto de lei que reduz tempo para concessão de alvará

    É uma conquista rumo a desburocratização e celeridade na legalização de empresas no município

    13/11/2015 - 05h31

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    A Ajorpeme comemora a aprovação do projeto de lei complementar 38/2015 pela Câmara de Vereadores de Joinville. Agora, o texto passa para análise dos técnicos da Prefeitura para, então, subir à sanção do prefeito Udo Döhler. O PLC reduz o tempo para a concessão de alvará de localização e permanência e uniformiza padrões e rotinas nos órgãos públicos municipais. É uma conquista rumo a desburocratização e celeridade na legalização de empresas no município.

    O tema já vinha sendo analisado por comitê de desburocratização, composto por entidades empresariais e Poder Publico há pelo mais de um ano. As dificuldades e a demora para se iniciar uma atividade empresarial sempre sofreram severas críticas por parte das lideranças e por empreendedores.

    Leia outras reportagens e colunas de Claudio Loetz

    Créditos em compras

    A Cooperativa de Produção e Abastecimento do Vale do Itajaí (Cooper), com matriz em Blumenau e negócios no Vale do Itajaí e em Jaraguá do Sul, além de outros municípios do Nordeste do Estado, distribuirá, até o dia 30 de novembro, R$ 6 milhões de retorno de sobras aos seus cooperados. O dinheiro, com valores proporcionais à sua participação na cooperativa no ano anterior, poderá ser usado na forma de crédito para compra.

    Decreto

    O prefeito de São Francisco do Sul, Luiz Roberto de Oliveira, prepara decreto lei que regulamenta o serviço de locação de imóveis constando placa nas casas e apartamentos com o número máximo de pessoas que cabem na residência. O assunto será discutido com as imobiliárias que operam este tipo de serviço na alta temporada, de dezembro a fevereiro. O objetivo é permitir que a fiscalização verifique se há gente em excesso nos imóveis. Ao final das contas, o interesse é evitar a falta de água para os moradores nas praias.

    Cidade inteligente

    Joinville começa a pensar nos instrumentos e tecnologias necessárias para se tornar uma cidade inteligente e humanizada. Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano iniciaram a discussão sobre o assunto. A intenção da prefeitura é se habilitar, no futuro, a captar parte dos 300 milhões de euros disponíveis em fundo da União Europeia para serem alocados em municípios de países periféricos com a finalidade de adaptá-los a concepções contemporâneas de qualidade de vida. Há conversas iniciais com a Rede Brasileira de Cidades Inteligentes. No caso de Joinville, o ambiente favorável a esta iniciativa depende da disponibilidade de internet e fibra ótica em todas as regiões e bairros. Ou via ativação de sensores

    Embrião

    A ideia aqui ainda é embrionária. A ambição do secretário Danilo Conti é apresentar, em janeiro de 2016, o plano municipal voltado à criação de estruturas para uma cidade inteligente. Exemplos do que já se faz pelo mundo estão em Cingapura, Nova York e Santander. Em Cingapura, identifica-se uma pessoa idosa ou com dificuldade de locomoção que quer atravessar a rua mediante sensores. Aí, o tempo do semáforo aumenta para estas pessoas.

    Quadra

    Uma rede varejista local comprou, em leilão, o imóvel de quadra inteira que pertencia ao Grupo Busscar, entre as ruas Blumenau e João Colin, no bairro América, em Joinville.

    Alemã

    O governador Raimundo Colombo viajou para a Alemanha. Amanhã, reúne-se com a direção da empresa Kalle Group, que atua no setor químico de alimentos com a produção de tripa sintética para a indústria de embutidos. A sede da empresa fica em Wiesbaden, na região de Frankfurt. Quer atrair investimento para o Estado.

    Expoville

    De um leitor atento:

    - Olhando num HD de computador antigo, achei o projeto de revitalização e ampliação da Expoville. Era belíssimo! Continha mais dois pavilhões, um novo lago à esquerda do estacionamento principal, quadras poliesportivas, pistas da caminhada, enfim, muito legal e que supriria uma carência em Joinville. Passados alguns anos, apenas o antigo pavilhão foi revitalizado. O pessoal voltou a ir para a Expoville, mas os investimentos por parte do consórcio Caex/Viseu cessaram.

    Inovação

    Em iniciativa de Rodrigo Thomazi, a Câmara de Vereadores de Joinville faz seminário de inovação tecnológica no dia 16. O encontro vai reunir o vice-presidente de Soluções e Alianças da Microsoft, Paulo Iudicibus; o secretário de Desenvolvimento Econômico de Palhoça, Marcelo Fett; e o consultor de negócios da Miguel Abuhab Participações, Pompeo Scola.

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade