nsc
an

publicidade

Economia

Claudio Loetz: Programa do Sebrae estimula pequenos empreendimentos em Joinville

As soluções do Sebrae pretendem dar mais competitividade aos negócios a longo prazo

12/08/2015 - 10h21

Compartilhe

Por Redação NSC

O Sebrae lançou o Programa Compre do Pequeno para estimular as pessoas a comprarem serviços e produtos dos micro e pequenos empreendimentos. O movimento vai integrar entidades empresariais à causa. As soluções do Sebrae pretendem dar mais competitividade aos negócios a longo prazo. Em Joinville, o Sebrae atende a 900 pessoas por mês. Três quartos do total são empreendedores ou candidato a empresário à procura de informações sobre gestão. No dia 5 de outubro, serão feitas ações variadas em todo o País no contexto do programa.

Leia os últimos textos do colunista Claudio Loetz

Em Santa Catarina, há 400 mil microempreendedores individuais, micro e pequenas empresas. Noventa e oito por cento das empresas catarinenses são representadas por pequenos negócios. Comércio (47%) e serviços (34%) predominam, diz o coordenador do Sebrae Norte, Jaime Dias Junior. Um terço dos donos é mulher e mais que um em cada quatro empreendedores tem até 34 anos. Mais de um terço - 35% do PIB catarinense - vem dos pequenos negócios, significando a injeção de R$ 62 bilhões. É de R$ 5 bilhões a arrecadação de impostos estaduais e municipais recolhidos pelo setor desde a implantação do Super Simples, em 2007.

Análise

Depois de discurso protocolar, o vice-prefeito Rodrigo Coelho comentou, em conversa informal, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o que pensa em relação à votação do projeto da Lei de Ordenamento Territorial (LOT).

- O projeto da LOT não será votado neste ano. Sem chance. Não há como. E, no ano que vem, tem as eleições. O trabalho dos vereadores começa em fevereiro e termina em junho. Depois, só eleição.

As frases, acompanhadas de um balançar de cabeça em sinal negativo, foram ditas durante a confraternização no lançamento do 9º Festival Gastronômico, segunda-feira à noite. Esta percepção, vinda de autoridade do Executivo, expõe o que acontece.

Palestra na Acij

O mito do governo grátis é o tema da palestra do economista Paulo Rabello de Castro na Acij, na próxima segunda-feira. Rabello é crítico contundente do excesso de gastos públicos e um dos coordenadores do Movimento Brasil Eficiente. Dirige o Instituto Atlântico, é diretor-presidente da SR Rating e fundador da RC Consultores, empresa de previsão econômica e análises de mercado.

IPCA

O pleno do Tribunal Superior do Trabalho (TST) definiu o IPCA como índice de correção monetária aplicável aos créditos trabalhistas.

Arena

A Proaço Indústria Metalúrgica, empresa que irá ampliar a Arena Joinville em 1.700 lugares, inicia na próxima sexta-feira a instalação das sapatas de sustentação dos módulos de aço e concreto nas áreas onde hoje existe o fosso. A demarcação dos pontos e a medição topográfica foram iniciadas ontem.

Contrato

A OpenTech fechou contrato com a Aliança Navegação, do grupo alemão Hamburg Süd. O acerto prevê a internalização do sistema de gerenciamento de risco, antes sob responsabilidade dos parceiros e prestadores de serviço da companhia.

Estaleiro pede pavimentação

Foi apresentado ao governador Raimundo Colombo o projeto de instalação do estaleiro da Eban, em São Francisco do Sul. O projeto do empresário Agostinho Leão está orçado em R$ 300 milhões. A área, em fase de negociação, deverá ser na região da Vila da Glória. Os empresários pediram ao Estado a pavimentação de 26,5 km que ligam a rua Mário Avancini, na Vila da Glória, até a SC-415, em Garuva. A área pretendida para o estaleiro fica próxima. Na foto, da direita para esquerda, estão o empresário Agostinho Ermelino de Leão, do Grupo Eban e responsável por criar o terminal portuário de Navegantes; Paulo Henrique Pessoa Olivet, secretário de Desenvolvimento Econômico de São Francisco do Sul; o governador Raimundo Colombo; o prefeito Luiz Roberto de Oliveira; e Norberto Sganzerla, secretário de Infraestrutura do município.

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade