nsc

publicidade

Por aplicativo

CNH Digital: como funciona o documento que terá projeto piloto em SC 

Governo federal pretende testar modelo que não exige a versão impressa do documento 

09/08/2019 - 12h27 - Atualizada em: 09/08/2019 - 12h47

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
(Foto: )

A versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH-e) já está disponível para os motoristas de Santa Catarina desde fevereiro de 2018 como uma alternativa ao documento impresso. Agora, o governo federal pretende adotar o modelo totalmente eletrônico a partir de um projeto piloto a ser implantado no Estado.

A CNH digital é acessada a partir de smartphones e funciona para condutores que já têm o QR Code no verso da CNH física, recurso disponível nos documentos emitidos a partir de maio de 2017. O serviço funciona por meio da Carteira Digital de Trânsito (CDT), um aplicativo gratuito que pode ser baixado na Play Store e na App Store.

Antes de baixar o aplicativo, o condutor deve ter um número de celular e um endereço de e-mail cadastrados na base do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Para isso, as opções são as seguintes: cadastrá-las diretamente pelo site do Detran/SC ou dirigir-se à Ciretran ou a um centro de formação de condutores (CFC) para atualizar o número de celular e o endereço de e-mail. Será realizado um cadastro no Portal de Serviços do Denatran.

A CNH-e é acessível offline, sem necessidade de conexão wi-fi ou dados móveis habilitados. No entanto, o Detran alerta que o motorista deve garantir o funcionamento do celular. Em caso de fiscalização, se o aparelho estiver sem bateria é considerado que o motorista não está portando a habilitação, o que gera uma autuação por infração leve, com multa de R$ 88,38, três pontos na CNH e retenção do veículo até a apresentação do documento.

Leia as últimas notícias do NSC Total

Deixe seu comentário:

publicidade