nsc

publicidade

Bagda

Coalizão destrói campo de petróleo do EI na Síria

22/10/2015 - 18h09 - Atualizada em: 18/11/2015 - 02h39

Compartilhe

Por Redação NSC

Os ataques aéreos da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos destruíram um campo de petróleo controlado pelo grupo Estado Islâmico (EI) no leste da Síria, informou nesta quinta-feira um porta-voz americano.

"Os ataques da noite passada visaram as refinarias controladas pelo Daech e seus centros de comando e controle" no campo de petróleo de Al-Omar, situado na cidade de Deir Ezzor, disse aos jornalistas o oficial americano Michael Filanowski.

"Nossos aviões atacaram 26 alvos e todos foram atingidos. Isto vai perturbar sua capacidade estratégica e financeira".

O oficial estimou que o EI obtinha com a exploração do campo de petróleo de Al-Omar entre 1,7 e 5,1 milhões de dólares ao mês.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) revelou que os ataques da coalizão contra Al-Omar destruiu gasodutos e instalações petroleiras.

Um civil morreu e vários civis e combatentes do EI ficaram feridos nos bombardeios, afirmou o diretor do OSDH Rami Abdel Rahmane.

O EI, que controla vastas regiões na Síria e no Iraque, se apoia em grande parte na produção de petróleo para financiar seu "califado".

* AFP

Deixe seu comentário:

publicidade