nsc
    santa

    BLUMENAU  

    Com baixa adesão, audiência pública discute obras de implantação do corredor sul

    Ao todo serão R$ 17,8 milhões investidos em obras de mobilidade no bairro Garcia

    22/03/2019 - 21h46

    Compartilhe

    Nathan
    Por Nathan Neumann
    (Foto: )

    Com um plenário quase vazio, contando com pouco mais de dez pessoas, aconteceu nesta sexta-feira a audiência pública, na câmara de Vereadores de Blumenau, para explicar para aos moradores do bairro Garcia como serão as obras de implantação do corredor Sul. O evento estava agendado para às 19h.

    O proponente da audiência foi o vereador Ito de Souza (PR), segundo ele a adesão ainda foi baixa, porém o intuito não era fazer com que o plenário ficasse lotado, com um grande número de pessoas. Mas sim, que os projetos fossem apresentados como uma maneira de prestar contas à população.

    Dos 15 parlamentares, apenas cinco participaram da audiência. Gilson de Souza (PSD), Alexandre Caminha (PP), Marcos da Rosa (DEM) e Jens Mantau (PSDB), além do proponente da audiência. O presidente da casa, Marcelo Lanzarin (MDB), não compareceu e alegou problemas de saúde.

    O secretário de Desenvolvimento Urbano, Ivo Bachmann, fez uma explicação, que durou pouco mais de 15 minutos, sobre a implantação do corredor. Segundo o secretário, os trâmites estão bem encaminhados. As obras já estão licitadas e aguardam apenas a homologação das empresas vencedoras. Além disso, ainda de acordo com o secretário, em alguns locais já há acertos para desapropriações.

    – São obras muito importantes para a mobilidade urbana do Garcia. Essa questão é fundamental para o bairro que já sofre com o problema de congestionamentos, principalmente nos horários de pico. Essa ações vão auxiliar muito o trânsito da região – afirma Bachmann.

    Ao todo são R$ 17,8 milhões, encaminhados por meio de emendas parlamentares do ex-senador Dalírio Beber (PSDB), que serão investidos nas obras de implantação do corredor sul e que contemplam a instalação de um corredor de ônibus na Rua Amazonas, entre os terminais Fonte e Garcia, a ligação do corredor do transporte coletivo da praça da Fonte Luminosa até o bairro Ponta Aguda, além do outras obras de mobilidade no bairro.

    – Eu fiquei contente em saber que o nosso bairro vai ganhar essas obras todas. Mas por outro lado, esperava uma maior participação da comunidade em eventos assim, em que a gente possa debater essas coisas. Na minha opinião deveria ser feito lá no Garcia para que mais pessoas pudessem participar – pontua Gilmar Oeschsler, morador do bairro.

    Apesar da baixa adesão, Ito de Souza (PR) reconhece que outra audiência ainda pode ser feita já região sul. Nesta ocasião, ele diz ter respeitado um pedido do executivo. O prefeito Mário Hildelbrandt não participou. Ele foi representado pelo presidente da Intendência do Distrito do Garcia, Airton Maçaneiro.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas