nsc

publicidade

Apocalipse Zumbi

Com estreia nesta sexta, "Guerra Mundial Z" alça os filmes de zumbi ao patamar de blockbuster

No longa, Brad Pitt vive um ex-agente da ONU em meio a uma infestação que transforma as pessoas em velocistas olímpicos canibais

27/06/2013 - 12h31 - Atualizada em: 28/06/2013 - 13h12

Compartilhe

Por Redação NSC
Brad Pitt em "Guerra Mundial Z"
Brad Pitt em "Guerra Mundial Z"
(Foto: )

Até pouco mais de 10 anos, filmes de zumbis eram exclusividade do cinema fantástico de baixo orçamento. E estava tudo bem, até o diretor Danny Boyle faturar os tubos com Extermínio (2002), que ouriçou Hollywood e deu início a uma onda de produções do gênero que encontra seu ápice em Guerra Mundial Z, que estreia nesta sexta-feira nos cinemas.

Mas, tal qual uma horda de mortos-vivos famintos correndo na sua direção, as notícias não são boas. Livremente (e bota livremente nisso) inspirado no livro de mesmo nome do escritor Max Brooks lançado em 2010, Guerra Mundial Z traz o ex-agente da ONU Gerry Lane (Brad Pitt) em meio a uma infestação que transforma as pessoas em velocistas olímpicos canibais. Ele acaba resgatado pelo antigo chefe, mas é intimado a voltar a trabalhar para os capacetes azuis escoltando um cientista até a possível origem da infecção.

O filme não deixa claro o que Lane fazia e por que ele reluta em operar novamente ao lado da ONU - conclui-se apenas que é bom de tiro e sabe como ninguém improvisar com armas cortantes. Também é um observador quase sobrenatural do comportamento humano, o que permite que ele junte informações invisíveis ao espectador e, assim, encontre um meio de lutar contra os Usain Bolts comedores de gente. Além de ser capaz de distinguir entre uma amostra de vírus letal e um não letal só pela cor do frasco.

Mas os furos no roteiro - que foi reescrito várias vezes - não são o único problema de Guerra Mundial Z. Parece que ninguém da produção sequer viu um filme de zumbi na vida. O suspense foi trocado pelo susto puro e simples (e eu só levei dois durante as duas horas de filme) e qualquer possibilidade de crítica política ou social acaba soterrada pelo ritmo de videoclipe impresso pelo diretor Marc Forster.

Mesmo assim, Guerra Mundial Z já ganhou sinal verde para uma continuação: em uma semana, já cobriu metade do seu orçamento de US$ 190 milhões (o que deve ter deixado Brad Pitt, um dos produtores do filme, feliz da vida). Sinal de que a audiência gosta mesmo é de um astro suando a camisa, não importa se contra zumbis, alienígenas ou terroristas.

Mortos-vivos tocam o terror em Cuba

Sem milhões de dólares para torrar e sem Brad Pitt no elenco, o diretor Alejandro Brugués mostra competência e criatividade em Juan do Mortos, comédia de terror realizada em Cuba que também estreia hoje na Capital. A premissa do filme é original, e o enredo consegue ser bastante equilibrado em sua alegoria crítica e política sobre a realidade daquele país.

Repentinamente, Havana começa a ser tomada por mortos-vivos famintos de carne humana. São as criaturas vítimas de um ataque biológico dos imperialistas americanos? São dissidentes pagos pelos gringos para convulsionar a ilha? São efeitos colaterais de remédios vencidos dados à população pelo governo Castro? Em meio ao apocalipse caribenho, um sujeito (Alexis Díaz de Villegas) vê a chance de faturar uma grana como exterminador de zumbis, alimentando o dilema de partir na sua jangada rumo a Miami ou resistir inflamado pela velha chama revolucionária.

Em cartaz:

CÓPIAS IMAX

Cinespaço Wallig IMAX (14h, 16h30, 19h, 21h30)

CÓPIAS 3D LEGENDADAS

Cineflix João Pessoa 1 (21h20)

Cineflix Total 2 (21h30)

Cinemark Barra 4 (19h20, 22h)

Cinemark Ipiranga 3 (19h, 22h)

Espaço Itaú 1 (16h30, 19h, 21h30)

GNC Iguatemi 4 (16h30, 21h30)

GNC Praia de Belas 1 (16h30, 21h30)

CÓPIAS 3D DUBLADAS

Cineflix João Pessoa 1 (16h20)

Cineflix Total 2 (14h, 16h30, 19h)

Cinemark Barra 4 (11h20, 13h50, 16h30)

Cinemark Ipiranga 3 (11h30, 14h, 16h30)

Espaço Itaú 1 (14h)

GNC Iguatemi 4 (14h, 19h)

GNC Praia de Belas 1 (14h, 19h)

CÓPIAS CONVENCIONAIS LEGENDADAS

Cinemark Barra 7 (12h20, 15h10, 18h10, 20h50, 23h30)

Cinespaço Wallig 2 (17h, 21h40)

GNC Praia de Belas 3 (14h15, 16h45, 19h15, 21h50)

CÓPIAS CONVENCIONAIS DUBLADAS

Arcoíris Boulevard 2 (14h20, 16h40, 19h, 21h20)

Arcoíris Rua da Praia 1 (14h, 16h30, 19h)

Arcoíris Victoria 1 (14h, 16h20, 18h40)

Cineflix Total 4 (17h, 19h30, 22h)

Cinemark Ipiranga 2 (13h20, 15h50, 18h20, 20h50, 23h50)

GNC Linoia 1 (14h, 16h30, 19h, 21h30)

Deixe seu comentário:

publicidade