nsc
dc

Auxílio

Com previsão de frio intenso em SC, cidades ampliam acolhimento a moradores de rua

Florianópolis vai oferecer mais 45 vagas emergenciais para acolhimento com refeições, agasalhos, pernoite e kits de higiene

24/05/2021 - 15h58 - Atualizada em: 25/05/2021 - 11h49

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
Na Capital de Santa Catarina, cerca de 1 mil pessoas se encontram em situação de rua
Na Capital de Santa Catarina, cerca de 1 mil pessoas se encontram em situação de rua
(Foto: )

Com a previsão de frio intenso em Santa Catarina e possibilidade de recorde de temperatura mínima no amanhecer de terça-feira (25), segundo a Epagri/Ciram, as cidades catarinenses se mobilizam para atender à população em situação de rua. Além das campanhas para arrecadação de cobertores e agasalhos, foram abertas mais vagas em abrigos.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Em Florianópolis, cerca de 1 mil pessoas se encontram em situação de rua, segundo a prefeitura. Em função da possibilidade de frio intenso, o município vai oferecer mais 45 vagas emergenciais para acolhimento — 30 vagas adicionais da Passarela da Cidadania, que já conta com 200 vagas diárias, e mais 15 em outras hospedagens credenciadas. 

Segundo a prefeitura, por conta do frio da madrugada desta segunda-feira (24), 14 pessoas foram acolhidas em abrigos. Além disso, durante a manhã a equipe da Passarela percebeu aumento nos pedidos por café da manhã.

O local segue oferecendo refeições, pernoite, doação de roupas, kits de higiene e outros meios para o acolhimento desta população. 

Fundação Somar criou arrecadação de cobertores
Fundação Somar criou arrecadação de cobertores
(Foto: )

Neste mês, a Fundação Somar iniciou uma campanha de arrecadação de cobertores que são entregues nos abrigos municipais. As doações podem ser feitas nos seguintes locais: 

- Pontos de vacinação contra Covid-19 em conjunto com a arrecadação de alimentos 

- Todas as unidades dos supermercados Angeloni em Florianópolis 

- Multi Open Shopping, no Rio Tavares

- Instituto Embelleze, no Centro 

- Clube Social e Desportivo (ELASE), na Carvoeira 

- All In Storage, no Coworking Lemonade, do Itacorubi 

- Larissa Bovo Fitwear, no Centro 

- Todas as unidades do Pró-Cidadão e PROCON 

- Sede da Fundação Somar, na Rua Tenente Silveira, 60 - 1º andar. 

As solicitações de atendimento para pessoas em situação de rua podem ser feitas pelos telefones (48) 99182-6870 ou (48) 99169-3044. 

Doações podem ser feitas nos pontos de vacinação
Doações podem ser feitas nos pontos de vacinação
(Foto: )

> Frio em Santa Catarina: saiba quais são as cidades mais geladas

A partir da noite desta segunda-feira (24), a Secretaria de Assistência Social (SAS) da Prefeitura de Joinville realiza a Ação de Inverno 2021, que conta com o auxílio de parceiros para apoio aos pessoas em situação de rua quando há baixas temperaturas.

O acolhimento será realizado por voluntários da Comunidade Eis-me Aqui, da Diocese de Joinville. Eles vão receber jantar na sede da comunidade, que fica na rua Voluntários da Pátria, 105, no Itaum. No mesmo local, poderão fazer a higiene pessoal e, em seguida, serão encaminhados para pernoite na Casa Vó Joaquina.

A ação se repetirá na terça-feira (25) e nas demais noites em que a previsão indicar temperatura abaixo dos 10 graus. Para ter acesso à ação, é necessário primeiramente buscar atendimento no Centro Pop, que fica ao lado da Rodoviária de Joinville, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. 

A ação também conta com o apoio da Defesa Civil, que disponibiliza colchões para garantir a pernoite dos acolhidos. A SAS também faz a distribuição de alimentos arrecadados na campanha Doses de Bondade, para que os voluntários preparem o jantar.

Já em Blumenau, no Vale do Itajaí, além do Abrigo Municipal (Amblu), no início da pandemia foram abertos abrigos provisórios com maior capacidade para receber pessoas em situação de rua.

O público também é atendido no Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP), que oferece cobertores, agasalhos, alimentação, higiene pessoal e atendimentos psicossocial.  

As equipes da prefeitura entregam cobertores e máscaras à população de rua que não adere aos abrigos. 

Abrigo provisório em Blumenau
Abrigo provisório em Blumenau
(Foto: )

Segundo a prefeitura, em Blumenau existem no momento 71 pessoas abrigadas e são feitos cerca de 25 atendimentos diários no Centro POP. A estimativa é que 50 pessoas estejam nas ruas.

A prefeitura destaca que a maior necessidade dos abrigos durante o inverno são roupas masculinas. As doações podem ser feitas diretamente no Centro POP, localizado na Rua Clara Persuhn, 192, Bairro Itoupava Seca. O telefone para contato é: (47) 3381-6509. 

As solicitações de atendimento para Pessoas em Situação de Rua podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9945-9630 ou (47) 3381-6510.  

Abrigo Municipal de Blumenau (Amblu)
Abrigo Municipal de Blumenau (Amblu)
(Foto: )

> Frio em SC dura até quando? Entenda a queda de temperaturas em maio

Chapecó, no Oeste de SC, iniciou uma campanha do agasalho para arrecadar não somente roupas, mas também móveis e alimentos não perecíveis para ajudar cerca de 10 mil famílias em situação de vulnerabilidade na cidade.

Segundo a prefeitura, 33 pessoas estão abrigadas na Casa de Passagem do município e outras 12 se encontram em situação de rua. 

33 pessoas estão acolhidas na Casa de Passagem
33 pessoas estão acolhidas na Casa de Passagem
(Foto: )

Doações podem ser feitas diretamente na prefeitura, secretarias e entidades sociais parceiras. As solicitações de atendimento para pessoas em situação de rua podem ser feitas pelos telefones (49) 984014490 ou (48) 33191201.

Leia também

Vento derruba estátua da Havan no Litoral gaúcho

Vacinação de professores e moradores de rua contra Covid-19 é antecipada em SC

Sérgio Moro pode concorrer a senador por Santa Catarina em 2022

Colunistas