nsc

publicidade

Estadual

Com Romário na torcida, Figueirense vence o Criciúma no Scarpelli

Apesar das boas defesas de Luiz, Alvinegro larga com vitória com gol de Maikon Leite

17/01/2018 - 21h50 - Atualizada em: 17/01/2018 - 21h56

Compartilhe

Por Redação NSC
Estreante, Maikon Leite comemora o seu primeiro gol pelo Furacão
Estreante, Maikon Leite comemora o seu primeiro gol pelo Furacão
(Foto: )

Romário foi ao Orlando Scarpelli ver o Figueirense contra o Criciúma e esperava ver o filho em ação, na estreia dos times no Campeonato Catarinense 2018. Romarinho entrou em campo nos instantes finais. Alegrou o programa do Baixinho na noite de quarta-feira, em Florianópolis. O campeão mundial com a Seleção Brasileira e hoje senado viu o goleiro Luiz brilhar, mas não o bastante para conter o Figueira. Maikon Leite conseguiu bater o camisa 1 do Tigre para cravar o gol do 1 a 0 alvinegro.

Na segunda rodada do Estadual, o Figueirense vai a Tubarão enfrentar os donos da casa e o Criciúma estreia diante de sua torcida contra o Concórdia. Todos os jogos estão marcados para as 17h de domingo.

Passados 15 minutos, o jogo era igual. O Figueirense exigiu, ainda que pouco, do goleiro Luiz e o Criciúma mandou duas finalizações de fora da área que obrigaram Denis acompanhar a saída da redonda pela esquerda da trave. Cinco minutos depois, Betinho caiu pelo lado direito e centrou. O arqueiro do Tigre deu um toque sutil para desviar do contato do centroavante André Luís e evitar a abertura do placar pelos alvinegros. A resposta foi de Douglas Moreira, aos 30 e de longe. O camisa 1 do Figueira evitou com a ponta dos dedos. Mas o toma lá dá cá acabaria com o Figueira mais perigoso no campo de ataque.

Logo em seguida, Maikon Leite conseguiu entrar na área e da risca dela soltar o chute rasteiro que Luiz bloqueou. O goleiro apareceu novamente aos 41, com uma grande defesa. Batida falta lateral, Zé Antônio triscou de cabeça e o camisa 1 do Criciúma foi buscar no cantinho. Assim continuou no recomeço da partida, após o intervalo. O guarda-metas defendeu arremate de Lazaroni. Porém, ele não teve o que fazer aos cinco minutos da etapa complementar. A enfiada de bola pelo lado direito encontrou Maikon Leite para arrancar até a frente de Luiz e estufar as redes: 1 a 0 pro Figueirense.

Romário esteve presente na estreia do filho, que entrou nos instantes finais do jogo
Romário esteve presente na estreia do filho, que entrou nos instantes finais do jogo
(Foto: )

Além da desvantagem no placar, a situação ficou ainda mais complicada ao Criciúma aos 15. Barreto cometeu falta dura em Betinho, tomou o segundo cartão amarelo e deixou a equipe com um homem a menos. Satisfeito com a situação, o Figueirense se recolheu e saia na boa. Como foi aos 24, em que João Paulo encheu o pé o goleiro Luiz, melhor do Tigre em campo, fez uma defesa difícil. Aos 34, fez duas defesas seguidas em tentativas de Gustavo Ferrareis, que entrou no segundo tempo. A vitória alvinegra ainda teve a estreia de Romarinho, filho de Romário, no instantes finais. Entrou para ser o homem de referência do ataque alvinegro. Da barreira, torceu para que a falta batida por Carlos Eduardo não entrasse. A trave evitou o empate no jogo que encerrou a primeira rodada do Campeonato Catarinense.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE

Denis; Samuel Santos, Nogueira, Trevisan e Lazaroni; Zé Antônio, Betinho, Felipe Amorim e João Paulo (Gustavo Ferrareis); Maikon Leite (Ronaldo) e André Luís (Romarinho).

Técnico: Milton Cruz.

CRICIÚMA

Luiz; Carlos Eduardo, Sandro, Nino e Eltinho (Kalil); Barreto, Douglas Moreira, Wallacer (Elvis) e Alex Maranhão; Andrew (Lucas Bessa) e Siloé.

Técnico: Lisca.

GOL: Maikon Leite, aos 5 do segundo tempo (F).

CARTÕES AMARELOS: João Paulo, Nogueira e Samuel Santos (F). Siloé e Wallacer (C).

EXPULSÃO: Barreto (C).

BORDERÔ: público de 4.467 (total), para a renda de R$ 82.911,00.

ARBITRAGEM: Rodrigo D'Alonso Ferreira, auxiliado por Helton Nunes e Thiago Americano Labes.

LOCAL: Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Veja a tabela completa do Estadual

Leia mais notícias sobre o Catarinense 2018

Deixe seu comentário:

publicidade