nsc
    dc

    Catarinense

    Com três gols em cinco jogos, revelação da Chape pensa em título 

    Foguinho fez o primeiro da goleada por 3 a 0 diante do Joinville

    08/03/2020 - 18h26

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Chapecoense venceu o Joinville por 3 a 0, na Arena Condá
    Foguinho comemora gol marcado diante do Joinville, na Arena Condá
    (Foto: )

    Com apenas cinco partidas disputadas pela Chapecoense, nenhuma jogando os 90 minutos, o meia Foguinho já é o artilheiro do time na temporada, com três gols marcados. Um deles, foi na tarde deste domingo, abrindo a vitória por 3 a 0 diante do Joinville.

    O jogador de 19 anos, reconheceu que o gol foi sem querer. Ele tentou cruzar para a área em como nem o goleiro e nem os zagueiro foram, a bola deu na trave e entrou.

    - Graças a Deus consegui ajudar a equipe novamente com um gol. Essa vitória foi muito importante pois nos dá confiança, traz o torcedor de volta e se Deus quiser vamos em busca do título – disse o artilheiro.

    Foguinho foi destaque da Chapecoense na Copa São Paulo de Futebol Júnior, marcando seis gols. Como outros clubes estavam de olho no jogador a Chapecoense renovou o contrato por três anos.

    Ele fez sua estreia no jogo contra o Criciúma, entrando no segundo tempo e marcando o gol de empate. Depois fez um na vitória por 2 a 0 diante do Boa Vista-RJ, pela Copa do Brasil.

    Mesmo assim não começou como titular diante do Joinville, por opção do técnico Umberto Louzer, que preferiu deslocar Alan Ruschel para o meio. Foguinho entrou no final do primeiro tempo, no lugar de Ezequiel, que teve um trauma no joelho direito.

    - Quis tirar o peso do Foguinho, pois havia uma pressão nessa partida, é um atleta com grande potencial mas que vai oscilar, tem uma dificuldade de porte físico, então preferi preservar e colocar o Alan por dentro. A gente tem feito um trabalho com ele de ajuste de corpo, de como evitar pancada, estamos mostrando vídeos para ele e trabalhando no dia-a-dia. É um atleta que tem fome de vencer e fome de crescimento – disse o treinador.

    Ele também elogiou outros atletas oriundos da base da Chapecoense e que também está trabalhando esses aspectos, como Vini Locatelli, Tharlis e Guedes, autor do terceiro gol contra o Joinville. Disse que também pretende fazer esse trabalho com Ronei.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas