publicidade

Cotidiano
Navegue por

CPE dos Apagões

Comissão que investiga quedas de energia e valor da fatura de luz em Florianópolis recebeu 48 reclamações

Conteúdo das denúncias recebidas pela comissão parlamentar da Câmara da Capital será discutido nesta quinta-feira

13/03/2019 - 20h11 - Atualizada em: 14/03/2019 - 10h30

Compartilhe

Gabriel
Por Gabriel Lima
Comissão parlamentar está apurando as sucessivas quedas de energia elétrica e o aumento excessivo nas contas de luz
(Foto: )

Os canais de comunicação criados pela Comissão Parlamentar Especial (CPE) dos Apagões na Câmara de Vereadores de Florianópolis, que investiga as sucessivas quedas de energia elétrica e o aumento excessivo nas contas de luz, receberam 48 denúncias até a noite desta quarta-feira (13). O formulário recebeu 38 reclamações, enquanto o e-mail da comissão teve 10 mensagens.

O detalhamento sobre o conteúdo das denúncias será revelado e discutido no segundo encontro da comissão, marcado para a tarde de quinta-feira (14). Apesar da CPE ter como foco os apagões de energia elétrica na Capital — tanto que recebeu esse nome —, o vereador Gabrielzinho (PSB), que preside a comissão, acredita que o aumento supostamente abusivo nas contas de luz tenha predominado entre as reclamações.

A reunião da CPE também deve ter a participação de representantes do Procon Estadual e do Procon Municipal de Florianópolis. O objetivo é que os órgãos de defesa do consumidor apresentem números sobre as reclamações registradas, com detalhes do que alegam os consumidores e das justificativas formalizadas até agora pela Celesc. O objetivo é que todas as queixas sejam anexadas no relatório final da comissão.

— A gente quer saber quais atitudes estão sendo tomadas nos órgãos de direito do consumidor, de forma que os Procons vão ceder o subsídio das reclamações e informar o que está sendo feito com esses dados — afirma o vereador Gabrielzinho.

Durante o encontro, também será divulgado o relatório preliminar da CPE. O relator da comissão, Jeferson Backer (PSDB), deve comunicar algumas instruções formais do processo, como qual é a expectativa da comissão, de que forma as reclamações se enquadram na legislação e se cabe à Câmara investigar um caso assim.

Presidente da Celesc será convidado para prestar esclarecimentos

Após analisar detalhes das reclamações dos consumidores, recebidas tanto pelos canais diretos quanto pelos Procons, a próxima etapa de CPE irá ouvir a versão da empresa responsável pelo serviço, a Celesc. Gabrielzinho afirma que o presidente da companhia estadual de energia elétrica será convidado para comparecer à próxima reunião, que ainda pode ter outras autoridades.

— Alguns técnicos e representantes da Celesc já se pronunciaram. Mas o presidente da Celesc, formalmente, ainda não — defende o vereador.

A data do terceiro encontro da comissão será definida apenas na quinta-feira, assim como a formalização dos nomes que serão convidados para participar da reunião.

Canais de denúncia da CPE seguem abertos

A Câmara de Vereadores deve deixar os canais de comunicação abertos até o encerramento dos trabalhos da CPE. A primeira opção é preencher um formulário criado pela comissão, disponível neste link. Outra alternativa é enviar uma mensagem para o e-mail [email protected] com detalhes dos prejuízos causados pelas quedas de energia elétrica ou imagens das faturas das três últimas contas de luz para questionar o valor cobrado.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação