nsc
an

Agenda

Como curtir a programação do Festival de Dança de Joinville de graça

Há atividades gratuitas para todos os gostos e públicos na edição de 2019

20/07/2019 - 09h37 - Atualizada em: 20/07/2019 - 10h31

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
(Foto: )

Durante os 12 dias em que ocorre o Festival de Dança de Joinville, há muito mais do que noites especiais e Mostra Competitiva. Em 2019, a programação do evento foi ampliada para atender ainda mais o público em todos os horários e com atividades para todos os gostos.

Segundo o presidente do Instituto Festival de Dança, a intenção para o fim de semana do meio do Festival, entre 20 e 21 de julho, era criar uma espécie de "parque de diversões" com opções de lazer em toda a cidade. A Notícia selecionou opções divertidas e interessantes para aproveitar a programação.

Rua da Dança ocorre na Praça Tiradentes
Rua da Dança ocorre na Praça Tiradentes
(Foto: )

Rua da dança

Horário: Sábado, 21, entre meio-dia e 15 horas

Local: Praça Tiradentes, entre as ruas Elly Soares e Imperatriz

Em meio à tradicional feira de artesanato da Praça Tiradentes, no bairro Floresta, haverá apresentações gratuitas de dança e aulões para o público em geral.

Histórias inovadoras

Horário: sábado, às 14 horas

Local: Teatro Juarez Machado, anexo ao Centreventos Cau Hansen (avenida José Vieira, 315)

No sábado, às 14 horas, o Teatro Juarez Machado recebe uma espécie de TEDx da dança. Pessoas com histórias que são capazes de inspirar contarão suas trajetórias e experiências com o público. Ana Botafogo; Nilberto Lima, do grupo Fúria das Ruas; e Tiago Montalti, que faz sucesso com coreografias de funk na internet, estreiam o evento. As inscrições ocorrem na hora e as vagas são limitadas.

Dança para quem não dança

Horário: Domingo, a partir das 14 horas

Local: Saltare Centro de Dança, anexo ao Colégio Germano Timm, na rua Orestes Guimarães

O Saltare Centro de Dança terá uma programação com aulas de dança de todos os gêneros para bailarinos e não-bailarinos.

foto mostra grupo de meninos dançando em um palco
Os fãs de K-Pop terão um festival exclusivo
(Foto: )

Festival de K-Pop

Horário: Domingo, às 15 horas

Local: Teatro Juarez Machado, anexo ao Centreventos Cau Hansen (avenida José Vieira, 315)

O ritmo coreano ganhou espaço na programação com um festival paralelo que ocorre no Teatro Juarez Machado neste domingo, às 15 horas. Os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência, na bilheteria do Centreventos Cau Hansen.

Confira todas as informações sobre o Festival de Dança de Joinville

cachorro vestido de tutu e menina de collant
Haverá concurso de fantasias para cachorros na Feira da Sapatilha
(Foto: )

Dog Dance Day

Horário: Domingo, 21 de julho, entre 10 e 18 horas

Local: Feira da Sapatilha

A Feira da Sapatilha será totalmente pet friendly neste domingo, com atividades especiais para envolver as pessoas com seus cachorros. Entre elas, aulas de dança e concurso de fantasias.

Programação:

10h –10h45: Dança para Cachorro: apresentações de dança para cães e seus donos.

11h – 11h30: Bate-papo sobre banho e tosa com a Escola Pet Jackson K.

14h – 14h45: Dança para Cachorro: apresentações de dança para cães e seus donos.

15h – 15h30: Bate papo com a Doutora Cuidados com relação a saúde do seu cão com Drª Amanda Neves.

15h30 – 16h: Dance com seu Cão com Jessé

16h – 16h30: Bate-papo sobre banho e tosa com a Escola Pet Jackson K.

17h – Desfile Dog Dance Day: traga seu cão vestido de bailarino.

foto mostra bailarino de sapateado saltando
Bailarinos de sapateado se desafiarão na arte da improvisação
(Foto: )

Jam Session Joinville Tap

Horário: Segunda-feira, 22 de julho, a partir das 15 horas

Local: Feira da Sapatilha

Os bailarinos de sapateado irão se reunir para apresentações com o desafio da improvisação. Eles serão acompanhados por músicos de Joinville.

Palcos abertos

Horários: confira a programação abaixo.

Local: confira a lista abaixo

As apresentações que ocorrem em espaços públicos da cidade, como shopping centers, o Ginásio Abel Schulz e a Feira da Sapatilha, são levadas também para outros espaços. No sábado e no domingo, haverá apresentações gratuitas no CEU do Aventureiro (15h às 16h30), no Museu de Arte de Joinville (10h30 às 17h30) e até no Litoral Norte, na cidade de Barra Velha, na Praça Central, entre 16 e 17 horas.

Programação: Festival de Dança de Joinville tem 1,7 mil apresentações gratuitas nos palcos abertos

Feira da Sapatilha

Horário: todos os dias, das 10 às 21 horas

Local: Expocentro Edmundo Doubrawa, ao lado do Centreventos Cau Hansen

Ela é considerada a maior feira do gênero da América Latina, reunindo produtos para todos os estilos de dança. São 89 expositores com as últimas tendências da moda, figurinos, equipamentos e tecnologia, além de uma feira de artesanato com 14 estandes. Há também uma praça de alimentação com 23 opções de gastronomia.

foto mostra pessoas de bicicleta saindo do Centreventos Cau Hansen
Os circuitos ocorrem em quatro horários, em grupos
(Foto: )

Passeio de bike

Horário: São quatro passeios diários com saída e chegada do Centreventos, às 9h, 11h, 14h e 16h.

Local: O serviço de locação de bikes entre o Centreventos Cau Hansen e o Expocentro Edmundo Doubrawa, perto da bilheteria.

Mesmo para quem não é turista, é uma oportunidade para curtir o Centro de Joinville de bicicleta. O passeio guiado leva pelos principais pontos turísticos da região Central, parando em alguns deles. Leva cerca de 90 minutos e passa apenas por trechos com estrutura de ciclovias e ciclofaixas.

foto antiga mostra a bailarina na juventude, dançando
Ady Addor foi uma das bailarinas brasileiras de maior sucesso no exterior
(Foto: )

Exposição fotográfica

Horário: até 27 de julho, das 8 às 19 horas

Local: Saltare Centro de Dança, anexo ao Colégio Germano Timm, na rua Orestes Guimarães

A exposição deste ano é em homenagem à bailarina brasileira Ady Addor. Ela atuou em companhias como a American Ballet Theatre, o Ballet Nacional de Cuba, o Theatro do Rio de Janeiro e o Ballet do IV Centenário de São Paulo. No Festival de Dança de Joinville, foi jurada, professora e curadora artística. Ela morreu em 2018, aos 82 anos. A exposição mostra, a partir de fotos, a trajetória e as diferentes facetas desta artista.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Entretenimento

Colunistas