nsc
an

Carreira na BMW

Confira como é o processo seletivo para trabalhar na BMW

Multinacional alemã vai contratar 1300 funcionários até 2015 para a fábrica de Araquari

15/11/2013 - 18h52 - Atualizada em: 18/11/2013 - 07h19

Compartilhe

Por Redação NSC
Candidato Luiz Scheffer, 18: na torcida
Candidato Luiz Scheffer, 18: na torcida
(Foto: )

O processo de seleção dos candidatos para trabalhar na BMW começa na agência Meta RH. Cabe a ela a pré-seleção e os primeiros testes. Os aprovados passam para as etapas seguintes no centro de treinamento da BMW no Perini Business Park, em Joinville. Cerca de 25 pessoas são convidadas, por dia, para a segunda fase com a multinacional.

Para as funções ligadas à montagem, logística e manutenção, por exemplo, os candidatos passam por avaliação de características de personalidade e estabilidade motora e pré-entrevista com psicóloga.

No Perini, são submetidos a dinâmicas de grupo, teste de habilidade manual e, para os finalistas, entrevista final. Os candidatos ficam de cinco a sete horas dentro do centro de treinamento.

Operadores sênior para funções especializadas, como os que vão avaliar os carros na pista de teste que será construída dentro das instalações em Araquari, também passam por avaliações específicas para a função.

Excel, inglês, sonhos e valores

Para a área administrativa, há testes adicionais como de Excel e inglês, a partir de analista sênior. A entrevista com os candidatos dura duas horas. Uma semana antes, ele recebe por e-mail uma questão que será novamente abordada no dia da entrevista.

A diretora de RH, Betina Kraus, explica que, durante a entrevista, é possível avaliar como o candidato se comunica e reage diante de questões inesperadas. Perguntas sobre valores pessoais, por que é a pessoa certa para trabalhar na BMW e os sonhos do candidato aparecem na entrevista.

Para a função de especialista, a BMW abriu 25 vagas. De gerente para cima, 30 postos. Nos dois casos, os cargos já foram parcialmente preenchidos.

Para funções de liderança, a empresa exige curso superior, considera diferencial a pós-graduação e pede inglês fluente. Até a descrição do cargo está em inglês no site.

- A troca de informações e de experiências com unidades da BMW em outros lugares do mundo é constante - diz Betina.

Colunistas