publicidade

Cotidiano
Navegue por

Mobilidade

Confira como está o projeto que integra transporte, já aprovado em Florianópolis

Reportagem atualizou a situação nas prefeitura e câmaras de São José, Palhoça e Biguaçu

11/07/2019 - 13h17 - Atualizada em: 11/07/2019 - 15h32

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Apesar da aprovação em Florianópolis, a implantação do sistema depende da aprovação em todos os municípios
Apesar da aprovação em Florianópolis, a implantação do sistema depende da aprovação em todos os municípios
(Foto: )

Florianópolis foi a primeira cidade da região metropolitana a aprovar o projeto que permite a integração do transporte público. O projeto de lei começou a tramitar na câmara de vereadores no dia 3 de junho com regime de urgência. O convênio é feito com o Estado através de contrato com a Superintendência de Desenvolvimento (Suderf).

De acordo com o Vereador Miltinho Barcelos, presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Desenvolvimento Econômico, o projeto também favorece o transporte marítimo.

A reportagem da CBN Diário atualizou a situação dos projetos nas cidades de São José, Palhoça e Biguaçu.

Biguaçu

O prefeito Ramon Wollinger ainda não enviou o projeto de lei à câmara, mas prometeu o envio após o recesso do legislativo municipal, que termina em agosto.

Palhoça

O projeto chegou à câmara no dia 31 de maio, porém ainda não foi votado. O recesso termina no dia cinco de agosto.

São José

A prefeitura levou o projeto ao legislativo em junho, mas vai ter que mandar um substitutivo para aperfeiçoar a lei em agosto.

Apoio técnico

A Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis (Granfpolis) deu apoio técnico e jurídico às prefeituras na criação dos projetos. Para Bianca Coelho, arquiteta e urbanista da área de Planejamento Urbano da associação, a estrutura dos convênios é a mesma, o que muda são fatores ligados à licitação. "Por exemplo, Florianópolis, primeira cidade a aprovar, já tem a sua licitação regulamentada", afirmou.

Através de nota, a Suderf explicou que presta todos os esclarecimentos e fica à disposição, mas não tem como interferir no cronograma de cada prefeitura e câmara.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação