Novas regras

Confira o que foi liberado nas cidades que saíram do risco grave para coronavírus em SC

Cidades do Oeste, Vale do Itajaí e Serra apresentaram melhora na situação do coronavírus em SC

03/10/2020 - 06h00

Compartilhe

Por Clarissa Battistella

A mudança no mapa de risco para coronavírus em cinco regiões de Santa Catarina (veja no mapa abaixo), nesta sexta-feira (2), trouxe novas flexibilizações para as cidades catarinenses que deixaram o nível potencial grave para covid-19, em laranja no mapa, para o alto, em amarelo. 

Assim, as cidades de Chapecó, no Oeste de SC, Blumenau, no Vale do Itajaí, e Lages, na Serra tiveram uma série liberações. Além disso, Joinville prepara um pacote de flexibilizações para a próxima semana. A cidade do Norte de SC, no entanto, ainda não teve mudança no status, conforme o mapa do governo de SC. 

Florianópolis e Criciúma, que também mantiveram-se em risco grave, seguem sem alterações nos decretos.

Confira as mudanças em cada cidade

Chapecó, no Oeste de SC

Chapecó, assim como as demais cidades em amarelo no mapa, pode praças, ginásios e áreas públicas, desde que observadas as medidas sanitárias vigentes, além de eventos como formutaras, congressos e casamentos e abrir espaços culturais, como teatros, cinemas e museus. 

A cidade também pode ampliar os horários de atendimetno de serviços. O transporte coletivo terá horário estendido aos sábados, e irá funcionar até as 17h30min. 

Continuam fechados

Casas de shows, boates e pubs continum proibidos de abrir, pois só foram liberados pelo Estado nas regiões com risco moderado.

Blumenau, no Vale do Itajaí

Blumenau, assim como outras cidades do Médio Vale e do litoral poderão permitir a prova de roupas em lojas, com uma série de cuidados, os eventos sociais e o funcionamento de cinemas, teatros e museus - todos com 50% do limete.

Além disso, a capacidade máxima e os horários para atendimento em estabelecimentos que já estavam abertos, foram ampliados. Dessa forma, as academias e as indústias podem funcionar com 70% da capacidade total, os hotéis com limite de 80% e os shopping centers com sem limitação de público e horário.

Continuam fechados

Casas de shows, boates e pubs continum proibidos de abrir, pois só foram liberados pelo Estado nas regiões com risco moderado.

Lages, na Serra

A cidade de Lages teve mudanças em atividades do comércio, eventos, turismo e esporte. A partir de agora a prova de roupa está autorizada nas lojas da cidade serrana. Já o turismo, bastante afetado durante a temporada de inverno, quando a região tem mais visitantes, poderá ampliar seus atendimentos. 

Os hotéis passam a funcionar com 80% da capacidade. Espaços voltados às atividades físicas podem funcionar com 70% da lotaão. Os eventos sociais, como casamentos, batizados, formaturas estão liberados, porém com 40% da capacidade total, além do cumprimento das medidas sanitárias.  Shoppings funcionam normalmente. 

Cinemas e teatros podem funcionar com a metade do público e os museus com um terço da capacidade de lotação (incluindo funcionários). A recomendação é que haja agendamento para visitação. 

Continuam fechados

Casas de shows, boates e pubs continum proibidos de abrir, pois só foram liberados pelo Estado nas regiões com risco moderado.

Joinville, no Norte

Joinville define uma série de liberações para quando cair de classificação grave, para a alta no mapa de risco de coronavírus do governo de SC. Assim, quando a situação da cidade tiver melhora, basta por em prática as regras já definidas. 

Entra as liberações aguardadas está a permissão para embarque e desembarque de passageiros dentro da rodoviária de Joinville. Além disso, a prefeitura estuda ampliar a capacidade de público em shoppings, eventos, feiras e dentro dos ônibus. A cidade também pode ter dispensa para os eventos sociais.