nsc

publicidade

Bernt Entschev

Contrato de trabalho: qual é o mais adequado?

Consultor esclarece as diferenças entre os diferentes tipos do documento

01/09/2014 - 22h42 - Atualizada em: 08/09/2014 - 15h53

Compartilhe

Por Redação NSC

Quando falamos em contrato de trabalho, pensamos diretamente no contrato formal, em horário comercial, por prazo indeterminado. No entanto, juridicamente existem diversos formatos de contrato disponíveis, e pode ser que, para o profissional, um contrato temporário abra promissoras portas em sua carreira.

Os tipos mais comuns

Entre os tipos mais conhecidos, além do contrato formal de prazo indeterminado, há o contrato temporário, o contrato por tempo determinado e o contrato por tarefa. É comum que se confunda o temporário e o contrato por tempo determinado, mas há uma diferença crucial entre eles: o trabalho temporário tem maior possibilidade de se tornar um contrato de prazo indeterminado, enquanto o contrato por prazo determinado acorda previamente entre contratante e contratado datas de início e de fim da prestação do serviço em questão, que geralmente é uma demanda com prazo para acabar.

Já o contrato por tarefa serve para formalizar serviços específicos, como um eletricista numa obra de construção civil que fica responsável apenas por instalar tomadas.

E o profissional, o que ganha com cada um?

Deixando de lado o contrato de trabalho por tempo indeterminado, que é o mais comum e o que de fato constrói uma carreira sólida, o profissional continua tendo muito a ganhar mesmo trabalhando via contratos menos promissores. Ele pode aproveitar o trabalho por tempo determinado ou temporário para se destacar, para conseguir uma vaga efetiva, ganhar experiência, conhecer diferentes empresas e também fazer contatos que podem abrir portas posteriormente.

Quanto ao contrato por tarefa, com certeza as habilidades do profissional serão avaliadas durante a prestação de serviços, e é a hora certa para se destacar e garantir convites para trabalhos futuros.

Seja lá qual for o regime contratual, o importante é realizar um bom trabalho. O profissional deve aproveitar todas as oportunidades que a carreira oferece para se qualificar, adquirir experiência, aprender e exercitar o autoconhecimento. Principalmente para aqueles que estão no começo da própria vida profissional, qualquer oportunidade é válida para descobrir o próprio caminho e assim trilhar uma carreira sólida e consciente conforme as oportunidades aparecerem. Lembre-se: o mercado está em movimento. Você também precisa estar.

Deixe seu comentário:

publicidade