publicidade

Esportes
Navegue por

Futebol

Copa do Brasil: uma boa chance para o JEC tentar sair da crise de resultados

Equipe entra em campo nesta quarta, às 19h30, contra o São Raimundo-PA em busca de uma classificação inédita e de uma boa premiação. Desfalques atormentam o técnico Fabinho Santos

28/02/2017 - 18h11

Compartilhe

Por Redação NSC
Renan Teixeira pode perder lugar com a entrada de Lúcio Flávio
Renan Teixeira pode perder lugar com a entrada de Lúcio Flávio
(Foto: )

Quando a fase é difícil, nem mesmo a mudança de clima em razão da disputa de outro torneio consegue livrar o JEC dos problemas. Nesta terça, na véspera do jogo contra o São Raimundo-PA, pela segunda fase da Copa do Brasil, o técnico Fabinho Santos abriu a entrevista coletiva anunciando a perda de mais dois jogadores para a partida de desta quarta, às 19h30, na Arena: o goleiro Jhonatan e o zagueiro Henrique Mattos.

Leia as últimas notícias sobre o Joinville Esporte Clube no AN.com.br

Confira a tabela completa e a classificação do Campeonato Catarinense

Jhonatan tem uma suspeita de fratura no ombro - veja mais aqui - e o zagueiro será poupado por causa de dores na região lombar. Vale lembrar que o treinador não conta com os laterais Caíque e Fernandinho e o volante Kadu, todos entregues ao departamento médico.

- Sentimos muito pelo Jhonatan e torcemos para que ele se recupere o mais rápido possível. Infelizmente, é mais um atleta que a gente perde num grupo reduzido. Espero que ele se recupere rápido porque precisamos de todos no elenco - lamentou o técnico.

Sobre a partida diante dos paraenses, o comandante enxerga o duelo como uma boa oportunidade de reação para o grupo, além de uma chance de melhorar a situação financeira do clube - se avançar à terceira fase, o JEC ganhará a premiação de R$ 680 mil.

- O clube precisa disso (da premiação e da inédita classificação). Será muito bom se vencermos o jogo, se trouxermos isso ao clube - analisou Fabinho.

Em busca do feito, a ideia é ter uma equipe mais experiente em campo. Neste caso, é grande a chance de Lúcio Flávio retornar aos titulares. A dúvida fica em relação à vaga que ele ocupará e de que maneira Aldair atuará.

Como Fabinho realizou um treino fechado, as dúvidas permanecem. Na entrevista, o técnico só deixou a entender que deve utilizar o veterano no meio.

- Precisamos da experiência de tantos jogos disputados, e a gente espera que o Lúcio esteja bem - concluiu o treinador.

Decisão pode ir aos pênaltis

O desfalque de Jhonatan acontece justamente numa partida na qual os goleiros podem ser protagonistas. De acordo com o regulamento da Copa do Brasil, em caso de empate no tempo normal, a decisão será definida nas cobranças de pênaltis.

Caberá ao jovem Matheus a dura missão de salvar o JEC, se o duelo terminar empatado. O curioso é que o goleiro fará apenas a terceira partida como profissional do Joinville.

No primeiro jogo, ele se destacou quando o Tricolor levou reservas a Belo Horizonte na partida contra o Atlético-MG. O segundo jogo aconteceu no fim de semana passado, após a expulsão de Jhonatan contra a Chapecoense. Agora, Matheus terá o seu maior desafio.

Se avançar, o JEC enfrenta o vencedor de Gurupi-TO e Rio Branco-AC, que jogam nesta quarta.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação