nsc
santa

Controle de entrada e saída

Coronavírus: Indaial e Rio dos Cedros bloqueiam acessos às cidades 

Barreiras foram montadas nas principais entradas dos municípios

20/03/2020 - 15h22

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Barreira foi montada entre Pomerode e Rio dos Cedros
Barreira foi montada entre Pomerode e Rio dos Cedros
(Foto: )

Assim como Timbó, as prefeituras de Indaial e Rio dos Cedros começaram a fazer, na tarde desta sexta-feira (20), bloqueios nas entradas das cidades. Barreiras físicas e equipes foram distribuídas pelas diversas ruas dos dois municípios, como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus.

Em Indaial, os acessos pela rua Doutor Blumenau e o portal da cidade terão o que o prefeito André Moser chama de “barreira do coronavírus”. Ele explica que agentes de trânsito, policiais militares, bombeiros voluntários e Vigilância Sanitária estarão orientando motoristas no mesmo modelo que deve ocorrer em Blumenau. Ou seja, condutores que quiserem entrar na cidade sem uma justificativa plausível serão instruídos a voltar para os municípios de origem.

​> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

Barreiras físicas foram montadas nos demais pontos de acesso a Indaial, como em pontes do bairro Warnow e outros locais. Nas duas barreiras orientativas, veículos transportando mercadorias essenciais não terão o trajeto interrompido.

O mesmo ocorre em Rio dos Cedros. Conforme o vice-prefeito Jorge Stolf, a cidade possui pouco mais de cinco acessos. Uma “barreira do coronavírus” foi montada na SC-416, no limite com Pomerode, que já possui um caso confirmado da doença. Nenhum visitante poderá passar pelo bloqueio, exceto carros oficiais e de entrega.

- Não teremos barreira com Timbó porque é uma cidade que nos dá apoio e já está fazendo o seu bloqueio - detalhou Stolf.

Quem quiser sair de Rio dos Cedros também será orientado pelos profissionais a voltar e permanecer em casa. Os demais acessos à cidade foram fechados com cargas de barro ou tubos de concreto.

- Mesmo quem possui residência de veraneio não pode entrar. Não é férias, é uma época de crise. As pessoas têm que ficar nas suas casas - pediu o vice-prefeito.

Pousadas de Rio dos Cedros cancelaram reservas e fecharam as portas. O município de pouco mais de 11 mil habitantes, que não tem nenhum caso suspeito, trabalha para evitar a chegada do vírus.

Colunistas