publicidade

Identificado

Corpo encontrado em Laguna é de jornalista Mukirana, de Tubarão

Ele tinha um programa na TV da universidade, atuava em rádio e também como DJ

07/01/2019 - 15h54 - Atualizada em: 07/01/2019 - 15h57

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
(Foto: )

O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Florianópolis confirmou a identidade do homem encontrado na manhã desta segunda-feira na Praia do Gi, em Laguna. Clovis William dos Santos, 44 anos, é conhecido na região Sul de Santa Catarina como Mukirana, e se formou em jornalismo no ano passado, pela Unisul de Tubarão. Ele tinha um programa na TV da universidade, atuava em rádio e também como DJ.

Segundo o titular da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Laguna, Bruno Fernandes, as lesões no rosto e marcas encontradas pelo corpo indicam que Clovis foi vítima de homicídio. A análise inicial aponta que ele foi morto e depois jogado no mar, porém a forte maré trouxe o corpo para a faixa de areia.

A mãe do jornalista está internada no hospital, em preparação para um procedimento pré-agendado, e não pode fazer o reconhecimento. Por isso, a identidade foi confirmada por um papiloscopista, através de análise de impressão digital. A causa da morte, segundo o laudo, foi traumatismo craniano.

Deixe seu comentário:

publicidade