Diretores da Cresol participaram na sexta-feira, 2, de evento promovido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para apresentar melhorias no Procapcred e em condições e alcance de crédito para o setor agropecuário.

O encontro aconteceu na sede do BNDES, no Rio de Janeiro (RJ), com a presença do presidente e do vice-presidente da Cresol Confederação, Cledir Magri e Adriano Michelon, respectivamente; do presidente da Central Cresol Baser, Alzimiro Thomé; do diretor de Negócios da Cresol Central Brasil, Braulio Zatti; e do presidente da Cresol Vale Europeu, Heber Kirchner.

O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, destacou que as medidas divulgadas promovem inclusão financeira. “Essas iniciativas reforçam o apoio via cooperativas de crédito e ampliam recursos para linha BNDES Crédito Rural com taxa fixa em dólar, estimulando a realização de investimentos e a competitividade no setor, especialmente junto a pequenos empresários e produtores rurais”.

Mais R$ 2 bilhões para o Procapcred

O Procapcred — linha de crédito iniciada em 2006 para financiar a aquisição de cotas de capital de cooperativas — ganhou um reforço importante. O BNDES aprovou mais R$ 2 bilhões em dotação orçamentária para o programa e ampliou a vigência até o fim de 2025.

O alcance também aumentou. Antes limitado a pessoas jurídicas cooperadas e pessoas físicas caracterizadas como cooperados autônomos, agora o Procapcred pode ser acessado por qualquer cooperado pessoa física, desde que natural residente e domiciliada no Brasil.

Outras mudanças de destaque são o aumento do limite de financiamento de R$ 30 mil para até R$ 100 mil por cooperado, a cada dois anos, além de redução de taxas e alongamento de prazos, com condições especiais para cooperados das regiões Norte e Nordeste. A carência de até dois anos permanece a mesma para todos os financiamentos.

“Hoje foi um dia especial para o cooperativismo, com o lançamento do novo Procapcred. O programa fortalece a nossa capitalização, fortalece o Sistema Cresol e traz melhores condições de acesso ao crédito para o nosso cooperado”, comemorou Cledir Magri, presidente da Cresol Confederação.

Adriano Michelon, vice-presidente da Cresol Confederação, destacou a conquista, que também tem a participação da mobilização do setor cooperativista. “É uma conquista para todos, BNDES, Cresol, cooperados, todo o sistema cooperativista terá crescimento com esses avanços apresentados”.

As medidas divulgadas incluem ainda a conclusão de uma captação em Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) e também participaram do evento o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro; o diretor Financeiro e de Crédito Digital para MPMEs do BNDES, Alexandre Abreu; o diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Damaso; e o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes Freitas.

Continua depois da publicidade

Acesse o site da Cresol e fique por dentro das novidades!