nsc
an

Saúde

Crianças, gestantes e puérperas poderão se vacinar contra a gripe em Joinville neste sábado

Menos da metade das crianças de dois a cinco anos foram vacinadas na cidade

17/06/2020 - 15h21 - Atualizada em: 17/06/2020 - 15h46

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra bebê recebendo vacina no braço
Crianças com mais de seis meses poderão ser vacinadas
(Foto: )

Neste sábado (20), haverá uma ação especial de vacinação contra a gripe H1N1, direcionada a gestantes, mulheres no período pós-parto (puérperas) e crianças com mais de seis meses e menores de seis anos de idade. Ela é promovida pela Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria da Saúde, e ocorre das 8h às 13 horas. A vacinação acontecerá em dois locais: no Centreventos Cau Hansen e na Arena Joinville. Vale destacar que não haverá atendimento em sistema drive-thru, mas a Secretaria da Saúde reforçou as equipes de profissionais para organizar possíveis filas e evitar aglomeração de pessoas.

Além disso, a Secretaria da Saúde orienta que as pessoas dirijam-se aos locais de vacinação utilizando máscara e que apenas um familiar ou responsável acompanhe as crianças.

Os documentos necessários para a vacinação são caderneta de vacinação (obrigatório para as crianças), identidade e cartão pré-natal (se possuir) para as gestantes; e, para as puérperas, documento que comprove a data de nascimento do bebê.

Ampliação da cobertura vacinal

A ação especial foi motivada pela baixa cobertura vacinal dos públicos convocados. De acordo com números da Secretaria de Saúde, desde o início da campanha, foram imunizados 52,3% das gestantes; 48,7% das crianças de dois a cinco anos de idade; 58,2% das crianças de seis meses a menores de seis anos; e 83,7% das puérperas.

Para este sábado, a expectativa é aplicar 5 mil doses da vacina, sendo 2,5 mil em cada um dos locais da ação.

De acordo com a coordenadora do Centro de Vigilância em Saúde da SES, Fabiana de Almeida, é fundamental que as pessoas desses grupos prioritários tomem a vacina contra a gripe.

— São públicos que possuem a imunidade mais baixa e a vacina protege contra a gripe H1N1 e outros dois tipos da doença. É preciso proteger a população e garantir que estejam imunes, pelo menos, das doenças para as quais já existe a vacina. Proteção é a melhor solução — alerta Fabiana.

A campanha de vacinação contra a Influenza segue até o dia 30 de junho, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Joinville. As pessoas que desejarem, também podem agendar o atendimento domiciliar pelo site www.vacinajoinville.com.br.

Colunistas