nsc

publicidade

Novidades

Criciúma apresenta meia Alex Maranhão e atacante Roberto

Reforços chegam para se unir ao elenco na disputa pela Copado Brasil e Brasileirão Série B

26/04/2016 - 14h23 - Atualizada em: 26/04/2016 - 14h56

Compartilhe

Por Redação NSC
Alex Maranhão (E) e Roberto (D) foram apresentados hoje em entrevista coletiva
Alex Maranhão (E) e Roberto (D) foram apresentados hoje em entrevista coletiva
(Foto: )

Na semana em que o Criciúma faz o jogo de volta contra o Operário-PR, pela primeira fase da Copa do Brasil, o Tricolor do Sul do Estado apresentou na tarde desta terça-feira dois reforços para a temporada. O meia Alex Maranhão, que disputou o Campeonato Catarinense pelo Guarani de Palhoça, e o atacante Roberto, que defendeu a camisa do Novorizontino no Paulistão, aguardam liberação no Boletim Informativo Diário (BIB) na CBF para ficar à disposição do técnico Roberto Cavalo.

Confira a tabela da Série B do Brasileirão

Leia mais sobre o Criciúma

Camisa 10 no Guarani, Alex Maranhão, 29 anos, foi um dos destaques do Catarinense desse ano, tendo marcado seis gols. Ele espera a força da torcida para vencer as partidas em casa e ficar entre os quatro do Brasileiro, em busca do acesso para a Série A.

— É um desafio grande na minha carreira, todo mundo sabe a grandeza que o Criciúma tem no cenário nacional, é uma equipe que dispensa comentários, que até outro dia estava na Série A. Nós sabemos a dimensão da oportunidade que estou tendo agora, mas eu encaro com naturalidade, já joguei em outros clubes também que têm grandes camisas, tradição, torcida, e para mim é uma oportunidade muito grande, estou muito feliz — destaca o meia.

Há uma semana no Heriberto Hülse, Roberto, 30 anos, é um jogador de velocidade com a característica de explorar as laterais do campo. Embora estivesse atuando em São Paulo, o atleta já é conhecido no futebol catarinense, com destaque para a boa passagem que fez pelo Avaí em 2009 e 2010. Ele também jogou em 2014 e 2015 no Leão da Ilha.

— Fico muito feliz por estar chegando ao Criciúma, é uma das grandes equipes de Santa Catarina, me surpreendi com a estrutura que o clube tem. A projeção é boa, pensamento de Série A, com a estrutura desse time ele tem que estar sempre em uma Série A do Brasileiro — reforça Roberto.

O próximo desafio do Criciúma é no Heriberto Hulse nesta quinta-feira, às 19h15min, pela Copa do Brasil. No jogo de ida, o Operário levou a melhor e venceu o Tigre por 2 a 1, mas o gol marcado por Gustavo manteve o time catarinense vivo na disputa. Com uma vitória simples, o Criciúma avança para a próxima fase da competição nacional.

Deixe seu comentário:

publicidade