nsc

publicidade

Notícia

Criciúma bate o Brusque por 2 a 0 e consegue sua primeira vitória no Heriberto Hülse

Oliveira e Galego marcaram os gols da vitória do Tigre

06/02/2010 - 20h27 - Atualizada em: 07/02/2010 - 13h44

Compartilhe

Por Redação NSC
Oliveira abriu o placar para o Criciúma
Oliveira abriu o placar para o Criciúma
(Foto: )

O Criciúma venceu a primeira partida no Heriberto Hülse neste sábado pela sétima rodada do Campeonato Catarinense. O Tigre bateu o Brusque por 2 a 0 e chegou aos oito pontos alcançando a sétima posição na tabela. O Brusque permaneceu com nove pontos na quarta posição na classificação.

>>> Assista aos gols da partida pelo site da RBS TV

Próximos jogos

Na próxima rodada o Criciúma enfrenta o CFZ Imbituba na quarta-feira, dia 10, às 19h30min, no estádio ninho da Águia. O Brusque recebe o Metropolitano também na quarta, às 20h30min, no estádio Augusto Bauer.

Primeiro tempo

O Criciúma começou a partida em cima do Brusque, tentando, sempre pela direita, furar a defesa bem postada do Brusque. Aos nove minutos, o meia Lucca recebeu na intermediária, avançou para dentro da área e tocou para o meio mas nenhum jogador do Tigre chegou para completar o lance.

O Tigre continuava em cima e aos 14 minutos quase abriu o placar. Depois da cobrança de escanteio pelo lado direito, o zagueiro Vinicius acertou o travessão do goleiro Fabiano.

Mais Criciúma, aos 19 minutos, o jovem Diego Felipe recebeu na entrada da área, driblou o goleiro Fabiano, mas perdeu o ângulo e saiu com a bola pela linha de fundo.

A partir dos 20 minutos o jogo caiu muito tecnicamente, com as duas equipes cometendo muitas faltas e errando passes no meio de campo. Só aos 31 minutos, o meia Glaydson, com espaço, chutou forte, o goleiro Fabiano se esticou e fez uma grande defesa mandando a bola para escanteio.

No final do primeiro tempo três lances agitaram a partida no Heriberto Hülse. Aos 43 minutos, o atacante do Brusque recebeu falta dentro da área que o árbitro Evandro Tiago Bender deixou passar. Um minuto depois Rogério Souza levantou a bola na área e Viola acertou a trave esquerda do goleiro Pedro Paulo. E, aos 45 minutos, foi a vez de o criciúma reclamar uma penalidade. Diego Felipe recebeu dentro da área e foi tocado pelo goleiro Fabiano, mais uma vez o árbitro mandou o jogo seguir.

Segundo tempo

Na volta do intervalo o Brusque fez uma alteração. Saiu Tom e entrou Valdo, com a substituição o técnico Suca tentou deixar seu time mais ofensivo.

Mas mesmo com a mudança o Criciúma continuou melhor na partida. Logo aos cinco minutos, Leandro branco acertou o travessão do goleiro Fabiano.

O Brusque levou perigo ao gol de Pedro Paulo somente aos 18 minutos, quando Paulinho foi lançado mas o goleiro do Tigre saiu bem do gol e fez a defesa.

O Tigre chegou ao seu gol aos 26 minutos, Glaydson chutou forte, o oportunista Oliveira, que entrou no segundo tempo, alcançou a bola e encobriu o goleiro Fabiano para abrir o placar no Heriberto Hülse.

O gol deu mais espaço ao Criciúma que ampliou aos 39 minutos com o lateral-esquerdo Galego. O jogador pegou o rebote da zaga adversária e de dentro da área chutou forte, no ângulo direito do goleiro Fabiano para dar números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA

Criciúma ( 2 )

Pedro Paulo; Wender, Linno, Vinícius e Galego; Henik, Glaydson, Diego Felipe (Oliveira) e Roni (Ivo); Lucca e Leandro Branco (Marcelo Moscatelli).

Técnico: Wilson Vaterkemper

Brusque ( 0 )

Fabiano Neves; Marcelo, Rogélio e Cris; Rogério Souza, Daril (Leonardo), Pereira, Têti (Paulinho) e Tom; Lourival e Viola.

Técnico: Suca

Gols: Oliveira aos 26 e Galego aos 39 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Wender, Glaydson e Linno (Criciúma); Marcelo, Rogélio, Cris, Leonardo, Paulinho e Viola (Brusque)

Local: Estádio Heriberto Hülse

Arbitragem: Evandro Tiago Bender, assistido por Angelo Rudimar Bechi e Neuza Inês Back

Deixe seu comentário:

publicidade