publicidade

Série B

Criciúma leva 2 a 0 do Vitória, que volta a vencer depois de sete rodadas

Time catarinense não conseguiu se encontrar em Salvador

19/07/2019 - 23h23 - Atualizada em: 19/07/2019 - 23h35

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
(Foto: )

O Criciúma encerrou a sequência de resultados positivos diante do Vitória, da Bahia, na noite desta sexta-feira. O Tigre enfrentou o lanterna da competição, que foi superior e fez 2 a 0 sobre o time catarinense no Barradão, em Salvador. Com os três pontos conquistados, o Vitória subiu duas posições na tabela, mas continua no G-4. O triunfo também encerra o jejum de sete rodadas sem vencer, e para o Criciúma, significa a quarta derrota na Série B.

Na primeira etapa, o Criciúma chegou poucas vezes, e faltou ousadia para arriscar de fora da área e aproveitar o gramado molhado. Aos 12 minutos, Felipe Gedoz cobrou falta mas a bola passou à esquerda do gol de Luiz, que só acompanhou ela sair pela linha de fundo. Anselmo Ramon também tentou de fora da área no chute rasteiro, e a boa passou pertinho. Já aos 43, o Tigre chegou com Marlon, que bateu de longe para dar um susto no goleiro Martín Rodriguez. A posse de bola foi maior para os donos da casa, diante de um Criciúma de pouca criação.

​> Classificação e tabela da Série B do Brasileiro​ Na volta do intervalo, o ímpeto do Vitória continuava. A torcida foi junto, e mesmo em pouco número, cantava em apoio aos jogadores. O time se mandou para o ataque, e o setor defensivo do Criciúma até então conseguia suportar a pressão. Aos 15 minutos, na saída de bola, o zagueiro Federico Platero se atrapalhou e Anselmo Ramon estava em cima do lance. Ele ficou com a bola e mandou para o gol, para abrir o placar.

O Tigre, que até então se mantinha seguro no jogo, sentiu o baque. O time de Gilson Kleina tentava chegar, mas sem perigo, como no primeiro tempo. Na jogada de contra-ataque, Matheus Rocha cruzou na pequena área, e o camisa nove estava de novo no lugar certo. Livre de marcação, ele mandou de cabeça para o fundo do gol e ampliou a vantagem dos donos da casa.

A sequência do Criciúma na competição é fora de casa, contra o CRB. O Tigre não volta para Santa Catarina, já que o próximo jogo é em Maceio, Alagoas. Na terça-feira, às 21h30min, Criciúma encara o CRB no Estádio Rei Pelé. Para a partida, entre dois times que estão no meio da tabela, Kleina não poderá contar com Eduardo que levou o terceiro cartão amarelo.

FICHA TÉCNICA - Vitória x Criciúma

Gols: No segundo tempo, Anselmo Ramon, do Vitória, aos 15 minutos e aos 26.

Cartões amarelos: Marcos Vinicius, Federico Platero, Eduardo, Liel, Caique, do Criciúma. Wesley, Anselmo Ramon, Léo Gomes, do Vitória.

VITÓRIA - 2

Martín Rodriguez; Matheus Rocha, Everton Sena, Ramon Menezes e Chiquinho; Baraka, Marciel, Felipe Gedoz (Lucas Candido) e Ruy (Nickson); Wesley (Thiaguinho) e Anselmo Ramon. Técnico: Osmar Loss.

CRICIÚMA - 0

Luiz; Marcos Vinicius, Federico Platero, Derlan e Marlon; Liel, Jean Mangabeira (Bruno Cosendey) e Eduardo (Caique); Reis, Léo Gamalho e Vinícius (Julimar). Técnico: Gilson Kleina.

Arbitragem: Adriano Milczvski, auxiliado por Luiz H. Souza Santos Renesto e Jefferson Cleiton Piva da Silva (trio do PR).

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA).

Público: 3.368.

Renda: R$ 32.672,00.

Deixe seu comentário:

publicidade