nsc
dc

publicidade

Brasileiro

Criciúma vence o Oeste na despedida da Série B diante de 304 torcedores

Léo Gamalho marca os gols do Tigre em vitória de virada na Arena Barueri

29/11/2019 - 23h23 - Atualizada em: 29/11/2019 - 23h32

Compartilhe

João Lucas
Por João Lucas Cardoso
Oeste 1 x 2 Criciúma: Tigre vence de virada na despedida da Série B 2019
Oeste 1 x 2 Criciúma: Tigre vence de virada na despedida da Série B 2019
(Foto: )

O Criciúma venceu por 2 a 1 o Oeste na última rodada da Série B 2019. Diante de 304 torcedores na Arena Barueri, a vitória do Tigre foi de virada, com dois gols de Léo Gamalho no segundo tempo, depois da equipe sair atrás com gol de Fábio, vice-artilheiro da competição, em cobrança de pênalti, na noite desta sexta-feira. Com o resultado, Carvoeiro fica na 17ª colocação e espera que Londrina e São bento não vençam neste sábado para manter a posição. O Criciúma foi rebaixado à Série C 2020 na rodada anterior.

O próximo jogo oficial das equipes será pelos estaduais. No Catarinense 2020, a estreia do Criciúma será contra o Concórdia no Heriberto Hülse, prevista para o dia 22 de janeiro. Na mesma data está marcada a primeira partida do Oeste no Paulistão 2020, diante do Novorizontino, fora de casa.

O jogo

A primeira metade da etapa inicial transcorreu sem ter acontecido qualquer lance relevante. Foi depois dos 25 minutos que a partida começou a ser disputada efetivamente. O Criciúma tentava chegar na frente trocando passes. O Oeste tentava no chutão por causa da marcação alta tricolor. Foi em uma dessa sequência de passes que o Tigre quase abriu o placar.

A boa trama pelo lado direito terminou com Andrew tocando para o meio da área para Reis. Ele tentou de letra e Matheus Cavichioli defendeu, aos 33. O time paulista, que não conseguia trocar passes, foi beneficiado pela marcação de um pênalti. Lucas Guimarães Rechatiko Horn viu falta de Derlan ao empurrar Willian Rocha e Fábio pelo alto, após batida de escanteio.

Aos 37, Fábio botou no cantinho e comemorou. Cinco minutos depois, Sandro recuou mal para Gianezini se esforçar para evitar a saída e rabar em bola, deixando-a ir para fora. Uma trapalhada que dimensiona o que foi o primeiro tempo, com exceção do gol e da jogada que terminou na finalização de Reis.

Oeste 1 x 2 Criciúma: Carvoeiro reage no segundo tempo e vira o placar
Oeste 1 x 2 Criciúma: Carvoeiro reage no segundo tempo e vira o placar
(Foto: )

O Criciúma voltou com uma mudança para o segundo tempo. O atacante Luquinha entrou na vaga de Carlos Eduardo, que jogava na lateral direita. O Tigre melhorou, passou a jogar com mais velocidade e intensidade na frente. Assim, empatou. Na raça, Andrew tomou a bola na intermediária, avançou e bateu cruzado. A bola bateu na trave e sobrou para Léo Gamalho completar o serviço, aos 10.

Três minutos depois, o Criciúma virou. Willian Rocha soltou a bola depois de pressão de Léo Gamalho. Com ela no pé, entrou na área e mandou bala mesmo sem ângulo. Matheus Cavichioli colaborou e a bola entrou: 2 a 1. A vantagem fez o Tigre diminuir o ritmo na partida e a controlar o jogo. A equipe catarinense segurava a bola no campo de ataque e esperava a concretização da vitória.

Ainda assim o Criciúma teve chance de aumentar a conta. Aos 43, após batida de escanteio de Marlon, Derlan apareceu no primeiro pau para cabecear com força e Cavichioli teve de fazer grande defesa para evitar o terceiro. Apesar de outras chances tricolores na reta final da partida, o placar foi fechado no 2 a 1 para o Tigre.

Oeste 1 x 2 Criciúma

OESTE

Matheus Cavichioli; Thiaguinho, Lídio, Willian Rocha e Gustavão Salomão; Betinho, Matheus Jussa e Diogo (Felipe Gregório) (Bruno Paraíba); Welliton (Tite), Roberto e Fábio. Técnico: Renan Freitas.

CRICIÚMA

Paulo Gianezini, Carlos Eduardo (Luquinha), Sandro, Derlan e Marlon; Jean Mangabeira, Eduardo e Foguinho; Reis (Adilson Goiano), Andrew e Léo Gamalho. Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS: Fábio, aos 37 do primeiro tempo (O). Léo Gamalho, aos 10 do segundo tempo (C).

CARTÕES AMARELOS: Matheus Cavichioli e Matheus Jussa (O). Eduardo, Foguinho e Sandro (C)

ARBITRAGEM: Lucas Guimarães Rechatiko Horn, auxiliado por Lúcio Beiersdorf Flor e Maíra Mastella Moreira (trio do RS).

BORDERÔ: 304 pagantes para renda de R$ 2.170.

LOCAL: Arena Barueri.

Mais notícias do Criciúma EC no NSC Total.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade