publicidade

Especiais Publicitários
Navegue por

SC em Construção

Cuidados na hora de comprar um imóvel na planta

Precaução e cautela são essenciais para que a aquisição ocorra sem complicações

01/02/2019 - 16h33 - Atualizada em: 11/02/2019 - 10h24

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Cuidados na hora de comprar um imóvel na planta
(Foto: )

Comprar um imóvel é, possivelmente, um dos momentos mais marcantes na vida de muitas pessoas e representa a realização de um sonho. Mas para que a experiência seja positiva e o novo proprietário fique satisfeito com a escolha, é necessário tomar alguns cuidados antes de assinar o contrato. Veja o que levar em conta antes de comprar na planta.

Antes de tudo, tenha calma

A compra de um imóvel deve ser muito bem planejada, já que se trata de algo que pode comprometer o orçamento da família por muitos anos.

– É uma decisão que tem que ser tomada com tempo e calma para que, ao assinar o contrato, o comprador se sinta confortável – recomenda o engenheiro Clóvis de Albuquerque Filho, gestor comercial da Incorporadora PROCAVE.

Pense bem na localização

A localização é um dos primeiros pontos de atenção quando se vai comprar um apartamento na planta. É claro que, em muitos casos, essa escolha está mais associada ao valor que o comprador pode pagar do que apenas ao lugar em que ele gostaria de viver. Mas quando se tem mais de uma opção, quem vai viver no imóvel precisa levar em conta as particularidades da rotina:

– Quem participa do núcleo familiar precisa olhar para como será seu dia a dia em relação a deslocamentos, à distância do trabalho ou das escolas e, sempre que possível, avaliar a segurança da região, buscar saber o que já aconteceu e o que está previsto para acontecer no local. Um bom bairro hoje pode se tornar um lugar melhor ou pior em alguns anos – diz Albuquerque.

– Não tome a decisão ao escolher o bairro apenas por ouvir falar. Vá ao local em diferentes dias da semana, em feriados, em domingos e em horários variados para analisar os vários aspectos, como fluxo de trânsito, a segurança a noite. É isso que impacta no dia a dia. Não adianta o local ser maravilhoso se o trânsito for insano – completa.

Se você identificou dois ou três lugares que pode comprar e está em dúvida entre eles, um profissional pode ajudar a escolher a melhor opção com base em argumentos técnicos. Um arquiteto e urbanista está apto a dar conselhos úteis, mas se contar com um profissional não for uma opção, também vale listar os prós e contras começando pelo que é prioridade.

Detalhes que importam

Também é essencial prestar atenção a detalhes da unidade que vai comprar. Ter incidência do sol da manhã é algo que sempre agrega valor e qualidade de vida para quem mora no local, assim como ter um boa circulação de ar. Tome o cuidado de avaliar também a possibilidade de novos prédios serem construídos no entorno e causarem sombra no imóvel. Verifique se há ambientes enclausurados, como cozinhas ou banheiros sem janelas. A ventilação natural sempre deve ser preferência.

Um detalhe importante que costuma passar despercebido é as dimensões da vaga da garagem. Procure saber qual será a vaga atribuída à unidade, sua largura e profundidade, a existência de pilares que dificultam o acesso e até mesmo a abertura das portas.

Pesquise o histórico da empresa

É preciso investigar a idoneidade da construtora ou incorporadora da obra e procurar conhecer outros empreendimentos feitos por ela para avaliar a qualidade da entrega, saber se as promessas foram honradas e os prazos cumpridos.

– Procure visitar obras que já foram entregues e, se possível, falar com pessoas que já são proprietárias de imóveis no sentido de saber se a empresa cumpriu com o que colocou no material publicitário, se a documentação está correta, como a empresa responde quando há um problema no imóvel ou uma complicação patológica na obra – reforça Albuquerque.

Pesquisar o nome da empresa em sites de reclamações para entender como ela é vista em outras partes do Brasil também é uma boa estratégia.

– Hoje temos construtoras que atuam no Brasil todo e que podem querem mudar de região, então é importante pesquisar a reputação também no estado de origem dela – completa o engenheiro.

Fique de olho no material publicitário

O material publicitário de um lançamento imobiliário precisa indicar com detalhe todas as dimensões de cada espaço e ser desenhado sempre na mesma escala, inclusive a planta humanizada (a que inclui os móveis).

– Se essas informações não estão no material, então peça uma cópia da planta do projeto arquitetônico. Faça uma correlação para entender as dimensões dos ambientes, comparando com o lugar em que já se vive – explica Albuquerque.

Guarde todo material publicitário: tire print de telas do site, registre as promessas que foram feitas, os anúncios, as propagandas. Assim, você se previne e consegue conferir se tudo foi entregue e, se houver algum problema, tudo pode ser usado como prova.

Atente-se aos documentos

Depois de avaliar todos os detalhes e escolher uma unidade, é preciso olhar para questões documentais. Peça cópias da aprovação do projeto junto à prefeitura do município, da matrícula do terreno e do memorial descritivo da obra para atestar sua regularidade legal.

Além das plantas, peça acesso ao material do projeto executivo, já que para instalar móveis planejados é necessário saber por onde passam as tubulações hidrossanitárias e elétricas. Isso pode auxiliar também em futuras reformas ou alterações de disposições internas da unidade habitacional.

Quando a compra é feita às pressas e sem planejamento é possível que ocorra arrependimento ou ainda a impossibilidade de dar conta do pagamento.

– No caso de inadimplência pelo comprador ou desistência, vale o que foi sancionado na nova lei de distrato 13.786/2018, que prevê a retenção do valor pago em até 50% do total do imóvel a título de multa – alerta o advogado Douglas de Assis Brasil.

Leia o contrato com calma

Antes de assinar o contrato, leia-o com cuidado. Verifique se tudo que foi combinado com o corretor está descrito no documento e não hesite em questionar qualquer ponto de dúvida. Caso se sinta desconfortável, procure a assessoria de um profissional para interpretar o contrato.

Vale reforçar que o tempo de estudo e preparo antes de assinar o contrato precisa ser proporcional ao risco envolvido na compra. Não tome nenhuma decisão por impulso. Muitas pessoas vão comprar apenas um imóvel na vida, então é preciso cautela para que o sonho se realize sem complicações.

​​​Conteúdo produzido pelo Estúdio NSC Branded Content​​​ para o projeto SC em Construção.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação