nsc

publicidade

Encare a Crise

Cupons com descontos podem ser alternativa para compras na internet

Sites permitem ao consumidor desbloquear ofertas e promoções em livrarias, lojas de roupas e de eletrodomésticos 

28/03/2016 - 01h01 - Atualizada em: 22/06/2019 - 00h11

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Nos últimos meses, passaram a pipocar sites que oferecem códigos para serem revertidos em descontos em grandes redes que vendem pela internet. Os chamados cupons de descontos – diferentes dos cupons que se popularizaram em serviços de compras coletivas – trazem uma numeração ou palavra-chave que o consumidor pode copiar e colar em sites de grandes livrarias, lojas de roupas ou de eletrodomésticos, desbloqueando ofertas que costumam girar em torno de 20%.

Sites como 1001 Cupom de Descontos e Cuponomia funcionam como agregadores das senhas enviadas diretamente pelas lojas para os e-mails de clientes ou lançadas em grupos de consumidores em redes sociais como o Facebook. Os sites fazem um rastreio dos códigos que estão ativos, para disponibilizar ao público em geral. Em alguns casos, trabalham em parceria com as lojas e anunciam seus descontos.

Leia mais:

Como evitar gastos com combos de telefone, internet e TV a cabo

Benefícios como o PIS podem ajudar a reforçar o orçamento

Onde aplicar seu dinheiro em 2016

A alternativa tem se popularizado por que não "engessa" o consumidor como os sites de compras coletivas, pois não restringe a oferta a um produto ou serviço específico, e traz certa segurança porque dispensa cadastro ou fornecimento do número do cartão de crédito.

Outra vantagem é que os sites costumam testar a veracidade dos descontos e informar em quanto tempo irão expirar – o que é válido em razão da rapidez com a qual promoções são jogadas e tiradas na internet, em particular as ofertas-relâmpago.

– A vantagem desses serviços é que são gratuitos. Então vale a pena experimentar, já que o máximo que pode ocorrer, se a oferta perder a validade, é a compra sair pelo mesmo preço – avalia o consultor financeiro Adriano Severo.

A estudante de administração Vanessa de Souza, de Porto Alegre, costuma utilizar os códigos para garimpar ofertas em sites de roupas e calçados. Na última compra, economizou R$ 50 ao levar um tênis de corrida – era R$ 239 e saiu por R$ 189.

– Com a diferença, dá para pagar um frete para receber a compra mais repidamente, e ainda assim o custo fica muito bom – afirma Vanessa.

É preciso estar atento aos riscos, aponta Adriano Severo. O problema mais comum é que a senha tenha perdido a validade e os sites ainda não tenham atualizado esta informação – os próprios sites admitem que, em razão da dinâmica dos negócios na web, vez ou outra isso pode ocorrer.

Também é recomendável estar atento à reputação dos serviços em sites de reclamação – é comum que atraiam muitas queixas, portanto é relevante saber quantas conseguem resolver. Outro cuidado cabe aos sites onde a compra será efetivada: mesmo com uma senha de desconto, é preciso comparar concorrentes para avaliar se o produto realmente sairá mais barato, escapando assim de uma oferta furada.

– Para evitar a compra por impulso, é importante, ao invés de entrar no site de cupons e procurar algo que valha a pena, ver primeiro no site da loja o que está precisando e, depois, buscar cupons de descontos – diz Severo.

Leia mais notícias

Deixe seu comentário:

publicidade