nsc

publicidade

Portos

Dagmara Spautz: Porto de Itajaí abre espaço para operadores após reforma de cais

Berço de atracação está pronto para ser entregue

27/11/2017 - 09h53 - Atualizada em: 27/11/2017 - 10h08

Compartilhe

Por Redação NSC

O Porto de Itajaí aguarda confirmação de agenda do ministro dos Transportes, Maurício Quintela Lessa, para inaugurar as obras do berço 3. Na sexta-feira o superintendente do porto, Marcelo Salles, esteve em Brasília para acertar detalhes. O trabalho já foi concluído e agora está na fase de “cura” do concreto, para que o cais possa começar a ser utilizado para atracações de navios.

As obras garantiram o reforço e o realinhamento do berço, que agora segue uma linha contínua desde o berço 1. Isso permitirá a atracação de dois grandes navios ao mesmo tempo.

O trecho dos berços 3 e 4 ainda não foi arrendado e continua sendo área pública, com opção de ter mais de um operador. A ideia é que o cais recém reformado possa ser utilizado pela APM Terminals, arrendatária do restante do terminal, e também por outras empresas. A superintendência tem buscado outros operadores para se cadastrarem no porto e utilizar o berço para movimentação de cargas.

A expectativa, agora, é pela retomada das obras do berço 4. A descoberta de uma laje submersa no fundo do Rio Itajaí-açu demandou pesquisas e atrasou os trabalhos. Recentemente os testes de perfuração foram concluídos, com bom resultado.

A Secretaria Nacional de Portos já sinalizou positivamente para um aditivo de contrato para conclusão do berço. O processo está em avaliação no Ministério dos Transportes. Serão necessários R$ 14 milhões, e a expectativa é que o berço esteja pronto e alinhado com os outros três até maio do ano que vem.

Acompanhe as publicações de Dagmara Spautz:

Sem aditivo, projetos para desemperrar trânsito na BR-101 estão parados

Justiça extingue ação do MPF contra o maior residencial do país

MP questiona contrato de médicos sem concurso público em Itajaí

Deixe seu comentário:

publicidade