Daniel Alves está fora da Copa do Mundo. O médico da Seleção Brasileira Rodrigo Lasmar visitou o PSG nesta sexta-feira e pediu exames complementares, que constaram a impossibilidade do lateral-direito de se recuperar a tempo de participar do Mundial. Depois das informações do site GloboEsporte.com, a CBF confirmou que o estado do atleta.

Continua depois da publicidade

Conforme a avaliação médica, mesmo que daqui a três semanas se tenha a convicção de que não será necessário cirurgia, Dani Alves demoraria pelo menos seis semanas para ter condições de jogo novamente. Conforme a CBF, as novas avaliações confirmaram o diagnóstico inicial de lesão do ligamento cruzado anterior, com necessidade de cirurgia.

“Esgotadas todas as alternativas de recuperação dentro do prazo, constatou-se a impossibilidade da convocação de Daniel Alves para o período de preparação, amistosos e, consequentemente, para a Copa do Mundo. A comissão técnica da Seleção Brasileira sente pelo o ocorrido e deseja a Daniel Alves uma pronta recuperação para que sua técnica, raça e liderança estejam de volta ao serviço da Amarelinha o mais breve possível”, expressou a nota à imprensa.

Daniel Alves se machucou em jogo do Paris Saint-Germain pela decisão da Copa da França, na terça-feira (8), contra o Les Herbiers. Ele foi substituído nos minutos finais da partida após sentir dores no joelho direito. Com os exames, foi detectado que Daniel Alves lesionou o ligamento do joelho em disputa de bola. Aos 35 anos, ele disputaria a terceira Copa do Mundo.

Leia mais:

Continua depois da publicidade

NSC terá enviados especiais na Copa 2018 para aproximar os catarinenses do Mundial

Destaques do NSC Total