nsc
    dc

    Política

    Daniela Reinehr promete focar na gestão da pandemia e da economia após afastamento de Moisés

    Vice-governadora se manifestou pela primeira vez após decisão que a fará voltar ao governo do Estado

    26/03/2021 - 23h26

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Laurindo
    Daniela Reinehr voltará a assumir o governo de SC durante afastamento de Moisés
    Daniela Reinehr voltará a assumir o governo de SC durante afastamento de Moisés
    (Foto: )

    A vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido), que assumirá novamente o governo do Estado após o novo afastamento do governador Carlos Moisés (PSL), se manifestou pela primeira vez após a decisão do tribunal de julgamento em publicações nas redes sociais.

    > Impeachment é aprovado, Moisés é afastado e Daniela assume governo de SC

    Daniela publicou duas mensagens no Twitter afirmando que recebeu o resultado com tranquilidade e responsabilidade para trabalhar para que Santa Catarina supere o momento crítico da segunda onda da pandemia de Covid-19.

    "Buscarei a união de esforços para imunizarmos e darmos atendimento hospitalar e imediato à população. Teremos a mesma atenção para com a economia, evitando danos ainda maiores. O governo irá dialogar com todos os poderes e setores da sociedade para as soluções e o bem de todos", escreveu.

    > Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

    Impeachment dos respiradores

    Moisés teve a continuidade do processo de impeachment aprovada nesta sexta-feira (27) pelo tribunal de julgamento. Com isso, ficará afastado por até 120 dias. Será a segunda vez que Daniela assumirá o governo por conta de afastamento de Moisés. A primeira vez ocorreu no final de outubro de 2020, quando Moisés foi afastado das funções no processo de impeachment pelo reajuste dos procuradores. O caso foi arquivado um mês depois, Moisés retornou ao cargo, e Daniela voltou à cadeira de vice-governadora.

    Leia também

    > SC supera 10 mil mortes por covid-19 no dia em que completa um ano da 1ª vítima

    > Estado terá que provar à Justiça que restrições em SC foram baseadas em critérios técnicos

    > SC confirma mais de 200 mortes por covid-19 em um dia pela 1ª vez na pandemia

    Colunistas