nsc

publicidade

De ponto a ponto

Darci Debona: Perdas com granizo

Na região Oeste de Santa Catarina, segue o trabalho de recuperação dos estragos com granizo

26/10/2015 - 03h03 - Atualizada em: 26/10/2015 - 06h50

Compartilhe

Por Redação NSC
Moacir Carraro teve R$ 10 mil de prejuízo em sua fábrica
Moacir Carraro teve R$ 10 mil de prejuízo em sua fábrica
(Foto: )

Na região Oeste continua o trabalho para recuperar os estragos do granizo ocorrido na semana passada. Os municípios mais atingidos foram Chapecó, com 7,4 mil pessoas afetadas em 26 bairros; Abelardo Luz, com 3,9 mil pessoas; Quilombo, com 390 afetados; e Caxambu do Sul, com 320 atingidos.

Os prejuízos ainda estão sendo levantados, mas só em Caxambu do Sul a perda supera R$ 5 milhões, pois o granizo também atingiu lavouras de milho e trigo.

Distribuição de telhas

O coordenador regional da Defesa Civil, Clair Bazzi, disse que Quilombo já recebeu 1,5 mil telhas. Abelardo Luz está recebendo mais de 12 mil telhas. Caxambu do Sul deve ganhar 1,7 mil telhas até amanhã. Chapecó não teve índice de perdas para reconhecimento do decreto pela Defesa Civil do Estado e por isso pediu 18 mil telhas para o Ministério da Integração Nacional, que ainda não aprovou o pedido. Enquanto isso, moradores como Moacir Carraro, que teve R$ 10 mil de prejuízo em sua fábrica de móveis, reconstruíram o telhado com recursos próprios neste

fim de semana.

Deixe seu comentário:

publicidade