David Luiz fechou com chave de ouro um fim de semana perfeito. Eleito o melhor defensor do Campeonato Inglês, o defensor comemorou 30 anos no sábado com vitória sobre o Tottenham, pela Copa da Inglaterra, garantindo classificação para a final da competição, e de quebra foi escolhido como o homem da partida.

Continua depois da publicidade

Cotado para voltar à Seleção Brasileira, com a possibilidade do técnico Tite ir observá-lo nas rodadas finais do Inglês, David tem sido elogiado por diferentes veículos da imprensa europeus, ex-jogadores e o técnico Antonio Conte, que recentemente chegou a compará-lo ao ex-defensor italiano Paolo Maldini.

Leia mais:

Joachim Low é o favorito para assumir Real Madrid se Zidane cair

Conte sobre ser campeão inglês: “Seria minha maior conquista”

Continua depois da publicidade

PSG aposta em grande fase de Di María para superar Monaco

De acordo com David Luiz, o segredo para atingir tantos fatos positivos é de ter fome de bola, nos treinos e jogos:

— Esse grande momento se deve à dedicação de todos os dias, à maturidade, ambição, de nunca se acomodar e sempre buscar crescer mais. Acho que ter fome todos os dias é importante. Enquanto eu amar futebol, enquanto eu amar aquilo que faço, vou sempre me dedicar ao máximo, seja no clube ou fora dele, pois é isso que eu quero para minha vida e é essa a profissão que eu exerço com muito amor.

O zagueiro brasileiro alcançou o sexto prêmio individual em 11 temporadas atuando na Europa. Nesta semana, ele foi anunciado como o melhor da posição desta edição do Inglês e entrou na seleção do campeonato.

As outras premiações de David acontecerem em 2009 e 2011, como o melhor jogador do Campeonato Português quando defendia o Benfica. Em 2014, foi escolhido entre os titulares da Fifa na seleção da Copa do Mundo. Nas temporadas 2014/2015 e 2015/2016 foi o melhor zagueiro do Campeonato Francês, quando estava no PSG.

Continua depois da publicidade

— O importante é sempre saber de onde vêm os prêmios individuais. Quando você trabalha para o coletivo, a parte individual vem naturalmente. Claro que é motivo de orgulho, estou feliz por ter o trabalho reconhecido — disse.

Destaques do NSC Total