nsc

publicidade

Estadual

De volta à elite, Hercílio Luz vence o clássico contra o Tubarão

Atacante Lima fez os dois gols e mostrou que continua com fato de artilheiro

17/01/2018 - 20h25 - Atualizada em: 17/01/2018 - 23h16

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Depois de 22 anos fora da Série A do Catarinense, o retorna do Hercílio Luz à elite não poderia ser melhor. Em casa, o Leão do Sul venceu o rival Tubarão, no clássico da Cidade Azul. O Peixe saiu na frente, mas o centroavante Lima marcou duas vezes para os donos da casa, garantindo a estreia com vitória.

Confira a tabela do Catarinense 2018

Com menos de um minuto, quem chegou primeiro foram os donos da casa. Thiago Henrique avançou com perigo pela direita e cruzou para a pequena área, mas a defesa afastou. Os dois times aproveitavam os primeiros minutos para se estudar e, aos 6 minutos, o Tubarão arrancou suspiros da torcida visitante. Índio recebeu cruzamento da direita de cabeça, mas a bola subiu demais e foi cima do gol de Martins. No campo pesado, os dois times exploravam mais as laterais e os toques longos.

Placar aberto

Na cobrança de falta, quem abriu o placar foi o visitante. Romarinho cobrou com força, a bola tocou a trave e entrou, aos 16 minutos de jogo. A arbitragem chegou a discutir se a bola entrou, mas o gol foi validado. Em outro lance contestado, Bráulio da Silva Machado marcou pênalti a favor do Leão do Sul. Lima bateu com categoria e empatou o jogo aos 21 minutos. Aos 42, depois da cobrança de falta, Lima estava lá mais uma vez, e mandou de cabeça para ampliar a vantagem dos donos da casa.

No segundo tempo, o Hercílio mudou a postura e passou a ficar mais no campo defensivo. O Peixe aproveitou o recuo do adversário e passou a buscar mais o jogo, mas sem grande perigo para o goleiro Martins. O Hercílio Luz apostava nos contra-ataques, e aos 38 da etapa final Lucão ganhou no meio, avançou e chute por cima do gol. Com o placar a favor, o Leão do Sul manteve o foco na marcação e garantiu a vitória em casa.

FICHA TÉCNICA

HERCÍLIO LUZ - 2

Martins; Lucas Motas, Rafael Cardoso, Silvio Gomes e Revson; Thiago Henrique, Luiz Grando (Marrone), Jackson e Bruninho (Wellington); Leandro Melo e Lima (Lucão). Técnico: Luiz Carlos Cruz.

TUBARÃO - 1

Gabriel; Marcos Vinicius, Jaílton, Lucas Costa e Marlon (Alex Nemetz); Liel (Batista), Everton Dias e Daniel Costa (Luan); Romarinho, Índio e David Batista.

Técnico: Waguinho Dias.

Gols: No primeiro tempo, Romarinho do Tubarão aos 16 minutos. Lima, do Hercílio, aos 21 e aos 42.

Cartões amarelos: Martins, Luiz Grando e Leandro Melo (HER); Índio, Everton Dias, David Batista e Alex Nemetz (TUB)

Cartão vermelho: Jaílton (TUB)

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por José Roberto Larroyd e Carlos Felipe Schmidt.

Local: Estádio Aníbal Costa, em Tubarão

Público: 3.805

Renda: R$ 128.040

Leia mais notícias sobre o Catarinense 2018

Deixe seu comentário:

publicidade