nsc

    Saúde

    Denúncia JA: todos os hospitais do estado funcionam sem plano de combate a incêndio

    Reportagem do Jornal do Almoço, da NSC TV, teve acesso aos dados através da lei de acesso à informação

    11/12/2019 - 08h29 - Atualizada em: 11/12/2019 - 10h03

    Compartilhe

    Por Redação CBN Diário
    Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, teve um princípio de incêndio em setembro deste ano
    Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, teve um princípio de incêndio em setembro deste ano
    (Foto: )

    Através de um levantamento do Jornal do Almoço, da NSC TV, um fato alarmante para a saúde catarinense: nenhum dos hospitais estaduais tem plano de combate a incêndio e boa parte tem dificuldades para conseguir o alvará sanitário. A reportagem teve acesso aos dados através da lei de acesso à informação.

    Entre as 14 unidades administradas pelo estado está o Hospital Celso Ramos, de Florianópolis, que teve um princípio de incêndio em setembro deste ano. O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) vem cobrando o plano desde 2004, quando entrou na Justiça com uma ação civil pública.

    A novidade, por enquanto, são as brigadas de combate a incêndio formadas por servidores das unidades. No Hospital Joana de Gusmão, referência estadual em pediatria, também localizado em Florianópolis, os brigadistas instalaram rotas de fuga pelos corredores.

    O atual secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, que já foi comandante do Corpo de Bombeiros, disse que todos os hospitais terão plano de combate à incêndio, mas não diz quando.

    Os hospitais estaduais também enfrentam dificuldades para conseguir os alvarás sanitários, que asseguram o controle de bactérias e infecções.

    O Secretário também disse que colocou os alvarás entre as prioridades e que conseguiu 39 alvarás parciais neste ano.

    Com apoio de reportagem da NSC TV

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas