nsc
santa

Investigação

Desmascarado esquema que deixou prejuízo milionário com furto de painéis solares em Itajaí

Um dos criminosos envolvidos no esquema acabou preso na cidade de Luziânia, no estado de Goiás

02/06/2022 - 08h32

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Cargas foram furtadas em abril e empresas procuraram a polícia
Cargas foram furtadas em abril e empresas procuraram a polícia
(Foto: )

O motorista apontado como responsável pelo furto milionário de cargas de painéis solares em Itajaí acabou preso durante uma operação da Polícia Civil. Ele foi encontrado na cidade de Luziânia, em Goiás, onde mora, na terça-feira (31/5). Os crimes aconteceram em abril deste ano, segundo os investigadores. 

> Clique aqui e receba notícias do Vale do Itajaí por WhatsApp

As apurações indicam que ele saiu do estado natal e veio a Santa Catarina para fazer o transporte de duas cargas de placas solares. O homem teria sido contratado por duas empresas de Itajaí para levar as mercadorias para Pouso Alegre, em Minas Gerais, e também para Tubarão, no Sul.

Os painéis nunca chegaram aos destinos e as empresas procuraram a polícia. 

A partir daí começaram as investigações. Nesse intervalo, boletins de ocorrência foram registrados dizendo que o motorista tinha sido alvo de ladrões no caminho. O delegado Osnei Valdir de Oliveira diz que os BOs foram feitos pelos próprios integrantes da quadrilha, nos estados de São Paulo e no Maranhão. 

— O trabalho de investigação demonstrou que em apenas dois dias seguidos, o motorista, integrante de um bando criminoso, subtraiu duas cargas que somam quase R$ 1,5 milhão — diz o investigador. 

De acordo com a Polícia Civil, assim que o homem fazia o carregamento dos painéis nas empresas onde foi contratado ele já providenciava a transferência do material para outro caminhão, que levava as mercadorias para o receptador. 

As investigações apontam que uma empresa de Goiânia ficava com a carga furtada pelo grupo de criminosos. 

Há duas semanas a empresa chegou a ser alvo de uma operação policial, já por causa das investigações em Santa Catarina, e parte das cargas subtraídas em Itajaí foi localizada. Na data mais uma prisão foi feita. 

O inquérito segue aberto para tentar identificar os outros envolvidos no esquema. 

Leia também

Motorista morre após ser vítima de três acidentes consecutivos em SC

Qual o segredo da lotérica que virou fábrica de fazer milionários em Blumenau

Colunistas