nsc

publicidade

Carreira

Destaque-se na busca por um emprego

Bernt Entschev fala de quais são as habilidades mais disputadas pelo mercado e o que chama a atenção dos recrutadores

22/03/2015 - 16h58

Compartilhe

Por Redação NSC

O ano de 2015 é receoso e isso já não é mais novidade. Mas, ainda assim, há muitos profissionais de nível executivo no mercado em busca de mudança. Por mais que essa não seja a atitude mais segura, se a decisão já estiver tomada é importante que o profissional dê um passo à frente e pense em como fará para se destacar em meio a um mercado pouco promissor e muito competitivo. Em tempos de crise, as empresas têm necessidades bastante específicas, focadas sempre em serem atingidas o mínimo possível pela instabilidade econômica. Mas como um profissional pode oferecer o

que o mercado procura?

>> As opções para quem perdeu o emprego

Habilidades disputadas

Ao procurar por novas oportunidades, o profissional precisa estar atualizado e antenado às necessidades atuais do mercado no qual ele está inserido ou pretende se inserir. Em tempos complicados para a economia, as empresas precisam de profissionais que pensem estrategicamente, que sejam capazes de gerir crises internas e efeitos de crises externas no negócio. Além disso, uma veia de inovação, que possibilite fazer mais com menos, é sempre muito bem-vinda.

O que chama a atenção do recrutador

Especificamente neste ano, além das habilidades já mencionadas, os recrutadores procuram por profissionais muito bem preparados. A experiência com gerenciamento de crises está muito valorizada, mas não está sozinha. A qualificação exerce um peso muito importante no currículo do profissional. É imprescindível estar atualizado acerca das novidades do mercado, da área e por dentro das alternativas disponíveis para auxiliar a organização a se manter estável em meio à crise.

No momento da seleção, um ponto bastante observado é a capacidade do profissional em agir sob pressão - e produzir bem. Profissionais centrados, tranquilos e focados ficam em evidência num momento de crise, pois estes são capazes de atingir bons resultados mesmo em ambientes pouco incentivadores.

O mercado executivo em 2015

Este ano está sendo desafiador para os executivos. Pensar estrategicamente quando o terreno é limitado e os riscos estão potencializados pode parecer bastante difícil, mas é, inevitavelmente, uma forma de aprender a lidar com situações complicadas - e este tipo de experiência é valiosíssimo no mercado corporativo. O fato é que o mercado de 2015 é para os fortes. É um ano de produzir bem e muito com pouco, de pensar no futuro, de traçar metas em longo prazo e de aprender como contornar as dificuldades - sem perder a cabeça.

Se a inquietude ou a insatisfação tomarem conta da vida profissional, mesmo em ano de crise a melhor saída é a mudança. Mas antes de encarar de fato a transição, autoavalie-se e conclua se está preparado para lidar com a pressão e com os desafios. Se a resposta for sim, que seja um ano de sucesso e de aprendizado, apesar de não ser fácil. O mercado precisa de profissionais assim.

Deixe seu comentário:

publicidade