nsc
    dc

    No Brasil

    Dia do Abraço: como demonstrar afeto mesmo em isolamento social

    22/05/2020 - 07h15

    Compartilhe

    Por Janaína Laurindo
    (Foto: )

    No dia 22 de maio celebramos no Brasil o Dia Nacional do Abraço, uma data que marca a troca de afeto por um gesto simples, mas cheio de significado e sentimento. Em 2020, no entanto, a celebração terá que ser de uma forma diferente. Com a pandemia do coronavírus a população está orientada a evitar contato físico, mas então como demonstrar este afeto?

    A psicóloga Fernanda Baggio Gasperin, especialista em terapia cognitiva comportamental e neuropsicologia, destaca a importância das relações para o desenvolvimento do ser humano, que podem acontecer mesmo com o isolamento social.

    — Se usarmos a tecnologia ao nosso favor ela nos ajudará a estarmos próximos. Pode ser através de ligações de vídeo ou mensagens. Podemos simbolizar o amor não só com o toque e contato físico, mas também através das palavras.

    A especialista comenta o quanto deixamos de usar no dia a dia a fala para demonstrar o sentimento pelo próximo.

    — Hoje deixamos muito de falar o quanto as pessoas são importantes para nós e a tecnologia vem nos ajudar nesse sentido. Podemos nos aproximar das pessoas falando o quanto elas são importantes e o quanto sentimos falta. Essa troca, mesmo virtual, é muito saudável para o ser humano. São nessas trocas que vamos nos restabelecendo, vamos crescendo e trabalhando questões como empatia e solidariedade.

    Neste ponto, a especialista aponta que acredita que vamos sair do isolamento com relações mais fortalecidas.

    — Talvez a grande mensagem desse período que estamos em isolamento é que vamos sair com esse lado afetuoso mais trabalhado.

    Escrever o que se sente

    A psicóloga escolar Letícia de Souza Certti, sabe que pode ser difícil a falta do contato físico, mas reforça que a comunicação escrita pode ser um auxílio neste momento.

    — Eu falo para os alunos, vamos escrever o que queremos dizer para o outro e não conseguimos falar ou demonstrar. Existe a linguagem para isso. Esse é o momento de aprimorar a linguagem, acho que vamos aprender a se expressar através de palavras e não só de ações.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas