nsc
santa

publicidade

Segurança

Dois irmãos são presos por ameaçar de morte a irmã com foice e faca em Blumenau

Este foi um dos seis casos de violência doméstica, em menos de doze horas atendidos pela Polícia Militar  

09/09/2019 - 08h00 - Atualizada em: 09/09/2019 - 08h02

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

A Polícia Militar atendeu seis casos de violência doméstica, em menos de doze horas, entre a tarde deste domingo e a madrugada desta segunda-feira em Blumenau. O primeiro caso foi registrado por volta das 13h40min, na Rua Marilândia, no bairro Progresso.

Segundo relato da vítima à PM, o companheiro dela estava embriagado e teria ficado muito nervoso e agressivo. O suspeito começou a quebrar objetos dentro de casa.

A mulher arrumou as malas para ir embora, mas teria sido agredida com chutes. Ela saiu correndo para a rua e o agressor teria afirmado que iria colocar fogo nos pertences da vítima. Os policiais chegaram ao local e constataram que o homem estava em visível estado de embriaguez. Ele foi preso e conduzido à Central de Polícia.

Pouco tempo depois, por volta das 15h50min, uma mulher foi ameaçada de morte pelos dois irmãos. O caso foi registrado na Rua Hermann Barthel, no bairro Velha.

De acordo com o relato da vítima á PM, os irmãos dela, um de 37 e outro de 38 anos, estavam embriagados e armados com uma faca e uma foice. Os homens teriam ameaçado a irmã de morte e só não agrediram ela, pois foram contidos por familiares que estavam no local.

Os suspeitos fugiram para um matagal atrás da residência, mas foram localizados pelos policiais. Os agentes tentaram conversar com os agressores, mas eles estavam agressivos e com sinais de embriaguez.

Os policiais tiveram que usar spray de pimenta e algemas para conter os suspeitos. A vítima entregou à PM as armas que estavam em posse dos homens. Eles foram presos e levados à Central de Polícia.

Uma adolescente de 16 anos também acionou a Polícia Militar, em mais uma ocorrência de violência doméstica. O caso foi em uma residência, na Rua Porcedônio Coutinho, na Itoupava Central.

A vítima relatou aos policiais que estava com o namorado, um jovem de 23 anos, quando ele teria iniciado uma discussão, pois ela estaria usando o celular.

O agressor teria desferido um soco na cabeça e mordido a mão da vítima. Os policiais foram até o local, mas o suspeito não foi localizado.

A Polícia Militar também atendeu uma ocorrência de violência doméstica, por volta das 17h30min, em uma residência na Rua Alferes Júlio Sametzki, no bairro Água Verde.

Um jovem de 27 anos relatou à PM, que o marido estava embriagado e estava pedindo dinheiro para ela. O agressor teria agredido a jovem com vários socos na cabeça, braços e estômago, pois ela teria se negado a dar dinheiro para o homem.

O suspeito fugiu do local após as agressões. Os policiais foram até o local, mas não localizaram o homem A vítima foi orientada a fazer um boletim de ocorrência.

À noite, por volta das 20h20min, outra ocorrência, desta vez na Rua Serra do Mar, no bairro Fortaleza Alta. Uma jovem de 19 anos teria discutido com o companheiro. O suspeito teria partido pra cima dela, segurando os braços, causando lesões no pulso e antebraço.

O suspeito estaria xingando e fazendo ameaças contra vítima. Os policiais chegaram ao local e prenderam o homem, que foi conduzido à Central de Polícia.

Durante a madrugada, por volta da 1h, a Polícia Militar foi atender uma ocorrência de violência doméstica em uma residência, na Rua Santa Anna, no bairro Fortaleza.

Segundo relato da vítima aos policiais, o marido teria chegado embriagado e ela teria questionado onde ele esteve. O suspeito teria ficado agressivo e desferido um soco no rosto da mulher, causando uma lesão no olho direito. O homem fugiu antes da chegada da PM e não foi mais localizado.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Polícia

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade