nsc
    dc

    DRIVE PARK

    Drive-in usa app para combater um dos vilões da Covid-19: o dinheiro

    O app vai localizar a vaga do carro no drive-in e apresentar o menu ao cliente

    13/06/2020 - 13h00

    Compartilhe

    Por Fabrício Vitorino
    app
    (Foto: )

    O papel moeda, considerado um transmissor do novo coronavírus, não vai ter vez no drive-in de Florianópolis. O “Drive Park”, espaço que receberá uma série de eventos com plateia em carros no Music Park em Jurerê, adotou o “Nada Pay”, que permite aos clientes comprar alimentos e bebidas em segurança, sem sair do carro. O app vai localizar a vaga do carro no drive-in e apresentar o menu ao cliente.

    – O aplicativo Nada Pay chega para somar e deixar a experiência mais agradável e segura possível, respeitando o isolamento social, cumprindo regras das autoridades de saúde e dando o conforto, privacidade e segurança para o público dentro do próprio carro – ressalta Bruno Lindoso, CEO da NetPDV, criadora do serviço, que também administra o Folianópolis – primeira micareta a adotar ao sistema cashless no país – e do Winter Play.

    As primeiras atrações já foram anunciadas e serão filmes para todos os gostos e idades. Serão permitidos 260 carros por sessão em local estratégico em parte do estacionamento do complexo Music Park, que possui mais de 120 mil m². O jeitão dos anos 1950, com a volta dos drive-ins, vai ter uma pegada high-tech.

    Há vagas

    Juntar quem está contratando com quem está em busca de recolocação é o objetivo do #Reconnektados, área exclusiva da plataforma Connekt para quem teve o cargo afetado devido aos efeitos do Covid-19 ou para quem está em busca de um novo emprego. A iniciativa funciona de forma simples: empresas e futuros colaboradores se cadastram e podem começar a torcida. O endereço é conteudo.connekt.com.br/reconnektados.

    CNH a jato

    Uma parceria entre Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) e Detran reduz o tempo de entrega da CNH em até 68% o tempo de espera pelo documento. Para quem renova, o prazo cai de 28 para nove dias. Para a CNH definitiva, de 21 para oito dias. E para quem tira a 2ª via, em vez de 18 dias, agora são apenas sete.

    Para fazer essa mudança, o fluxo de envio de documentos foi alterado. Antes as Ciretrans encaminhavam a versão física dos documentos relacionados ao pedido da nova CNH por malote. Agora todos os documentos são enviados em formato eletrônico. Mesmo com a redução do tempo de entrega, vale lembrar que os condutores podem acessar instantaneamente a CNH em formato digital, usando o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível para Android e iPhone.

    Salvem os videogames

    A procura por consertos de consoles cresceu 204% no fim de maio, aponta pesquisa da GetNinjas, plataforma de contratação de serviços. Claro, sem poder ir ao cinema, academias, shoppings ou mesmo visitar amigos, dar aquela jogadinha (presencial ou on-line, com amigos e familiares) se tornou o grande programa do confinamento. Consertos de quaisquer eletrodomésticos, via plataforma GetNinjas, cresceu 70% em maio.

    – Tamanha procura é uma evidência de como o consumidor está se adaptando ao momento e aderindo à busca por serviços on-line – comenta Eduardo L’Hotellier, fundador e CEO da empresa.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas