nsc
    dc

    Verão NSC

    Duas cachoeiras para se refrescar em Florianópolis

    Quem não gosta de mar também tem a opção de tomar um bom banho de água doce

    18/12/2018 - 05h00 - Atualizada em: 20/12/2018 - 21h18

    Compartilhe

    Felipe
    Por Felipe Carneiro
    Cachoeira do Poção é uma alternativa para se refrescar nesse calor.
    Cachoeira do Poção é uma alternativa para se refrescar nesse calor.
    (Foto: )

    Os dias têm sido difíceis no que se diz respeito ao calor. Temperaturas que passam dos 30ºC, clima abafado e aquela sensação de que a roupa vai colar no corpo deixa o desejo, a todo instante, de sentir a água escorrer da cabeça aos pés. Florianópolis é internacionalmente conhecida por suas belas praias, de todos os tamanhos e estilos de pessoas, porém, existe quem não goste da mistura de água salgada e areia. Para eles a alternativa é o refresco do rio, com mordomia, sentados em alguma pedra recebendo aquele turbilhão de água fria nas costas. Cá entre nós, é excelente.

    Cachoeira do Poção

    Situada no bairro do Córrego Grande, região urbana da cidade, a cachoeira tem fácil acesso por uma pequena trilha de pouco mais de meio quilômetro e não necessita de muito preparo físico, apenas de atenção para ser alcançada. Ao atravessar o caminho a sensação é de estar longe de uma cidade grande, envolto por uma natureza típica de viagens programadas de férias. A área é de preservação ambiental, fazendo parte do Parque Municipal do Maciço da Costeira, garantindo que a água seja saudável para banho, portanto, lixo é uma coisa extremamente indesejável por aqui.

    Ambiente de pura natureza no meio da capital catarinense.
    Ambiente de pura natureza no meio da capital catarinense.
    (Foto: )

    Cachoeira da Costa da Lagoa

    Mais tradicional por ser oferecida como passeio turístico para quem passa pelo píer da Lagoa da Conceição, a cachoeira da Costa da Lagoa é acessada tanto por trilha como por barco. Pela trilha o tempo médio para atingir o objetivo é de três horas, exigindo um pouco de preparo físico de quem se aventura pelo caminho. Não existem partes difíceis em nível de escalada, mas o percurso é um pouco demorado, principalmente sob o sol dos últimos dias. Agora, se a vontade for somente de se refrescar sem se exercitar antes o melhor é entrar em um dos barcos do píer da Lagoa e descer no ponto 16. Saindo da embarcação é preciso passar pelos restaurantes e subir as escadas para a rua estreita da comunidade. Nela, vire à esquerda e a entrada para a cachoeira estará a 100 metros, bem sinalizada. A área também é repleta de natureza e é preciso cuidar do próprio lixo, não deixando-o no local.

    Cachoeira da Costa da Lagoa garante a diversão no calor.
    Cachoeira da Costa da Lagoa garante a diversão no calor.
    (Foto: )

    No local formam-se pequenas piscinas naturais e as pedras são como cadeiras para que a água massageie as costas.
    No local formam-se pequenas piscinas naturais e as pedras são como cadeiras para que a água massageie as costas.
    (Foto: )

    Lembrete importante: áreas de cachoeira têm terreno perigoso. As pedras são escorregadias e é preciso cuidado na hora de andar sobre elas, principalmente quem se aventura a subir para olhar de cima ou fotografar. Evite acidentes, no mais, boa diversão!

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas