A Prefeitura de Florianópolis tem a solução para aquele eletrodoméstico que não funciona mais ou aquele resto de construção que está aí na sua casa e você não sabe como descartar. Isso porque Florianópolis dispõe de uma rede de Ecopontos que recebe esse material e possibilita o desvio do aterro sanitário de mais de 11 mil toneladas de resíduos por ano.

Continua depois da publicidade

Para se ter uma ideia, somente no ano de 2023, os nove ecopontos de Florianópolis, somados, receberam uma média de 3.578 visitas semanais para descarte de resíduos, totalizando 186.568 mil visitas no ano. Do total recebido em 2023, 11.816,70 toneladas puderam ser desviadas do aterro sanitário. Considerando que cada carga enviada para o aterro sanitário custa R$ 238,25, a economia gerada pelo uso dos ecopontos no ano passado foi de R$ 2.815.328,78.

Segundo a secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Florianópolis, os Ecopontos são instrumentos necessários para atingir as metas de lixo zero e combater o descarte irregular. A administração afirma que, com a estrutura adequada, disponível nas diferentes regiões da cidade, se estimula a população a escolher o caminho correto para os resíduos. Os resultados são vistos na prática, com a cidade mais limpa, resíduos encaminhados corretamente e a redução de custos com aterro sanitário.

O que pode levar para o ecoponto

Os usuários podem entregar nos Ecopontos resíduos de construção, demolição e volumosos, verdes como podas de árvores, orgânicos compostáveis (restos de comida), óleo de cozinha, recicláveis secos, pilhas e baterias, eletroeletrônicos, esponjas, material escolar inservível, cápsulas de café, roupas, calçados e livros para reuso.

Como preparar os resíduos para descarte

Os resíduos devem ser colocados de forma separada em suas respectivas caixas no Ecoponto para que a Prefeitura possa dar o destino final ambientalmente adequado a cada um dos materiais.

Continua depois da publicidade

Rede de Ecopontos

No total, os Ecopontos atendem mais de 14 mil usuários por mês por toda a cidade. A rede de ecopontos foi ampliada no ano passado, com o início do funcionamento dos ecopontos do Rio Vermelho, Ingleses, Costeira e Coloninha. Já existiam os ecopontos do Morro das Pedras, Canasvieiras, Capoeiras, Monte Cristo e Itacorubi. A previsão da Prefeitura de Florianópolis é de ampliação para a rede, com o objetivo de passar para 13 Ecopontos em breve.

Para consultar os endereços e horários de atendimento dos Ecopontos espalhados por Florianópolis, clique aqui.