nsc
santa

publicidade

Luto

"Ela tinha muitos sonhos", conta amiga de vítima de feminicídio em Blumenau

Marli Miranda Pinheiro relata que Bernadete era muito querida pelos moradores do bairro Nova Esperança e buscava melhorias para a comunidade

17/10/2019 - 12h45 - Atualizada em: 17/10/2019 - 15h43

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
Feminicídio Nova Esperança
Uma faixa preta em sinal de luto foi colocada em frente à residência da vítima
(Foto: )

Amigos e familiares estão nesta quinta-feira (17) se despedindo de Bernadete Libardo, vítima de feminicídio em Blumenau. Ela tinha 59 anos e atuava como presidente da Associação de Moradores da Nova Esperança, bairro em que morava, além de trabalhar como técnica em enfermagem.

Marli Miranda Pinheiro também morava no bairro e conheceu Bernadete há 13 anos, quando a vítima ainda trabalhava no setor de enfermagem do posto de saúde. Ela conta que a amiga era muito querida pelos moradores da Nova Esperança e que se mobilizava para buscar melhorias para a comunidade.

Bernadete, inclusive, foi quem mais insistiu para que Marli também entrasse para a diretoria da associação de moradores. Havia muito envolvimento da vítima com a entidade, tanto que há duas semanas havia organizado uma festa comunitária muito elogiada pela vizinhança. O objetivo era arrecadar recursos para executar a grande vontade da presidente: reformar a sede da associação.

— A Bernadete era uma pessoa maravilhosa, todo mundo gostava dela. Ela tinha muitos sonhos, era nova, com a vida toda pela frente ainda. Sonhava em fazer muito pela nossa associação, compartilhava os objetivos com a gente e a vida dela era aqui. Ela sempre dizia que iria ficar ao nosso lado para o que der e vier — relata.

A amiga também conta que não conhecia o ex-companheiro de Bernadete, principal suspeito do crime, e que não falava com ela sobre o assunto. Porém, admite que ouviu falar que a vítima não queria mais o relacionamento e que estavam separados há algum tempo.

A missa solene para se despedir de Bernadete está marcada para 14 horas, seguindo para o sepultamento no cemitério municipal no bairro de Nova Esperança.

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade