nsc
dc

Tecnologia

Eleições 2020: serviços da Justiça Eleitoral na palma da mão

Aplicativos facilitam a vida do eleitor no acesso à informação e prestação de serviços em tempos de pandemia

14/11/2020 - 12h00

Compartilhe

Por Redação NSC
eleicoes-2020-apps-tse
A Justiça Eleitoral digitalizou diversos processos, dando ao eleitor a possibilidade de acompanhar todos os detalhes da disputa pelo celular
(Foto: )

A cada eleição, os aplicativos criados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tornam a vida dos eleitores e dos mesários mais fácil, oferecendo diversas informações sobre o pleito, com rapidez e segurança. Para as disputas deste ano, estão disponíveis cinco apps, que possibilitam a utilização de serviços por eleitores, mesários e candidatos, dando maior transparência ao processo eleitoral e praticidade.

> Em site especial, saiba tudo sobre as eleições municipais 2020

> Eleições 2020: data, prazos e regras do calendário eleitoral

São eles: Boletim de Mão, Mesário, e-Título, Pardal e Resultados. Todos estão disponíveis nas plataformas Android e IOS, e podem ser obtidos gratuitamente nas lojas virtuais Google Play e App Store.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, o compromisso da Justiça Eleitoral é promover ao cidadão o acesso rápido e contínuo aos serviços eleitorais e fornecer informações sobre as eleições.

Confira a seguir um pouco mais de cada aplicativo:

Boletim na Mão

eleicoes-2020-app-boletim-na-mao
Ícone do aplicativo
(Foto: )

Por meio do aplicativo, qualquer cidadão pode obter os resultados apurados nas urnas diretamente no seu dispositivo móvel. Desenvolvido pela Justiça Eleitoral, o app fornece ao eleitor, de forma rápida e segura, todo o conteúdo dos Boletins de Urna (BU) impressos ao final dos trabalhos da seção eleitoral. O BU é o documento que contém o total dos votos recebidos pelos candidatos em cada seção. 

Com o celular aberto no aplicativo, o eleitor pode “ler” o QR Code impresso no boletim das seções eleitorais de seu interesse e conferir, posteriormente, se os dados coletados correspondem àqueles totalizados e divulgados posteriormente pelo TSE. Não é necessário conexão com a internet para a leitura do QR Code contido no documento impresso.

> Já decidiu o seu voto? Busque tudo sobre seu candidato

Resultados

eleicoes-2020-app-resultados
Ícone do aplicativo
(Foto: )

O aplicativo permite aos cidadãos acompanharem o andamento do processo de totalização das eleições. Com a ferramenta, é possível seguir a contagem dos votos em todo o Brasil e visualizá-la a partir de consulta nominal, conferindo o quantitativo de votos computados para cada candidato, com a indicação dos eleitos ou dos que foram para o segundo turno.

> TSE: urna deverá mostrar nome de candidato com registro pendente

Mesário

eleicoes-2020-app-mesario
Ícone do aplicativo
(Foto: )

O aplicativo reúne informações para quem foi convocado ou se voluntariou para atuar como colaborador nas eleições. A ferramenta contém instruções gerais sobre a atividade do mesário na seção eleitoral e tem a função principal de treinar o cidadão que vai prestar esse serviço no dia do pleito, de forma simples e rápida. Neste ano, com foco na prevenção, o TSE disponibilizou um treinamento oficial no aplicativo, possibilitando a capacitação remota dos voluntários em todo o país. 

> Propaganda eleitoral: o que pode e o que não pode até a véspera das eleicões

e-Título

eleicoes-2020-app-e-titulo
Ícone do aplicativo
(Foto: )

Consiste na via digital do título eleitoral. O app informa o endereço do local de votação e fornece informações sobre a situação eleitoral. Caso o eleitor já tenha feito o cadastramento biométrico e tiver o aplicativo e-Título, pode utilizá-lo para comprovar a identidade no dia das eleições.

Os eleitores que não fizeram o cadastramento biométrico também podem utilizá-lo, mas, nesse caso, precisam levar um documento de identificação com foto no dia da votação. 

O aplicativo também emite as certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais, o que pode ser obtido a qualquer momento, até mesmo no dia da eleição. 

Os eleitores que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia da eleição poderão utilizar o app para justificar a ausência. 

> Polícia Militar de SC mobiliza 90% do efetivo nas eleições deste ano

Pardal

eleicoes-2020-app-pardal
Ícone do aplicativo
(Foto: )

O objetivo do Pardal é incentivar os cidadãos a atuarem como fiscais da eleição no combate à propaganda eleitoral irregular. O aplicativo possibilita informar tais irregularidades em tempo real. Com a ferramenta, o cidadão pode fazer fotos ou vídeos e enviá-los para a Justiça Eleitoral. O estado informado pelo denunciante como local da ocorrência ficará encarregado de analisar as denúncias de irregularidades. 

A ferramenta tem uma interface web, que está disponibilizada no site do TRE-SC para acompanhamento das notícias de irregularidades dos cidadãos catarinenses.

> Santa Catarina não terá lei seca no dia das eleições deste ano

Colunistas