nsc

publicidade

Alerta

Em 3 dias, bombeiros registram ao menos 7 mortes por afogamento em Santa Catarina

Casos aconteceram durante o feriado prolongado da Proclamação da República

18/11/2019 - 15h37

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
buscas em rio
Equipes fazem buscas no rio Saí Mirim, em Itapoá, no Litoral Norte de Santa Catarina
(Foto: )

O feriado prolongado da Proclamação da República teve ao menos sete mortes por afogamento em Santa Catarina. Os casos aconteceram num período de três dias, entre sexta-feira e domingo (17). Três dos casos foram registrados no Litoral Norte do Estado.

O primeiro aconteceu em Itapoá, no rio Saí Mirim, na Barra do Saí. Um homem de 28 anos foi surpreendido pela alta da maré quando tentava buscar uma embarcação que havia se soltado, na sexta-feira (15). O corpo foi encontrado no domingo de manhã e o nome da vítima não foi divulgado.

Na manhã de domingo, um homem de 46 anos morreu depois de se afogar perto do posto 8 na praia de Balneário Piçarras, também no Litoral Norte. Ele chegou a ser resgatado pelos guarda-vidas, mas morreu no local. A vítima foi identificada como Diomar Machado, morador de São Bento do Sul.

Ainda no domingo, por volta das 14h30min, um jovem de 22 anos se afogou na lagoa de Barra Velha. Claudecir Willian era natural da cidade de Rio Negro, no Paraná, onde trabalhava como barbeiro.

Em Blumenau, dois jovens, de 20 e 22 anos, morreram afogados no sábado (16) na cachoeira conhecida como “Garganta do Diabo”, que fica na Rua Santa Maria, no bairro Nova Rússia. Segundo os bombeiros, eles tomavam banho no local com amigos. Um deles foi arrastado pela correnteza e retirado da água pelos próprios colegas. O outro foi encontrado após buscas com apoio de mergulhadores.

afogamento
Em Blumenau, dois jovens morreram afogados na cachoeira conhecida como "Garganta do Diabo"
(Foto: )

No Oeste catarinense, um jovem de 22 anos morreu afogado no Rio Chapecó, em São Carlos. Ele era um dos três tripulantes de um barco de alumínio que afundou na sexta-feira (15) na Linha Navegantes – os outros dois conseguiram nadar até a margem do rio. Ele foi encontrado por volta das 13h30min de domingo (17), a aproximadamente 300 metros do local do desaparecimento.

Na sexta-feira (15), um turista de São Paulo morreu após cair de um costão na trilha da Praia da Galheta, em Florianópolis.

Bombeiros emitiram alerta

Ainda na noite de sexta-feira, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina emitiu um alerta recomendando aos banhistas que o banho de mar fosse evitado durante todo o fim de semana, devido às condições marítimas. O alerta se estendia também às navegações. A Defesa Civil do Estado também alertou para a presença de um ciclone extratropical no oceano, fenômeno que favorece a condição de mar agitado.

Deixe seu comentário:

publicidade