publicidade

Esportes
Navegue por

Basquete

Em busca da primeira vitória na Liga Ouro, Blumenau recebe o Pato-PR nesta sexta-feira

Jogo no Galegão é válido pela quarta rodada da competição que dá vaga ao Novo Basquete Brasil (NBB)

01/03/2019 - 09h41

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
(Foto: )

Lanternas na Liga Ouro, competição que dá vaga ao Novo Basquete Brasil (NBB), Blumenau e Pato-PR se enfrentam nesta sexta-feira, às 20h15min, no Ginásio Sebastião Cruz, o Galegão. O duelo pela quarta rodada da competição que dá vaga à Liga Ouro vale a primeira vitória para uma das equipes e, além disso, dá moral para a sequência do campeonato.

Coincidentemente, as duas equipes enfrentaram até agora os mesmos adversários. Diante do Londrina-PR, os blumenauenses foram superados por 79 a 66, enquanto os paranaenses perderam por 97 a 73. Contra Campo Mourão-PR, revés do time do Vale por 79 a 74, enquanto o time de Pato Branco (PR) levou 95 a 90. Já no confronto contra Cerrado-DF, Blumenau foi superado por 84 a 74, enquanto o adversário desta noite levou 81 a 80.

Em quadra, o time blumenauense comandado pelo técnico Alemão tem ao menos dois problemas. Problemões, na verdade. Isso porque dois dos principais jogadores da equipe se lesionaram e trazem dor de cabeça à comissão técnica. O ala-pivô Luiz Semmke teve uma grave contusão no ligamento cruzado anterior do joelho direito e só deve voltar a atuar no fim de ano. Ele está fora de toda a Liga Ouro.

Já o pivô Gérson, principal contratação para a disputa da competição, teve um entorse no tornozelo direito e também preocupa. Ele foi submetido a uma bateria de exames que, se confirmarem a lesão, tiram o atleta de toda a competição também.

– São dois jogadores essenciais, mas o Gerson eu ainda tenho esperança de que ele consiga jogar na Liga ainda. Mas temos que ser profissionais. Com ou sem eles temos que trabalhar e treinar muito para buscar a primeira vitória – avalia o técnico Alemão.

Com três derrotas em três jogos – mesmo com a manutenção do elenco bicampeão catarinense, dos Jogos Abertos de Santa Catarina no ano passado e com a contratação de dois atletas norte-americanos –, o time de Blumenau se vê pressionado pela primeira vitória. Na avaliação do treinador, porém, esse clima de pressão tem de ficar do lado de fora da quadra.

– Se tivéssemos vencido as primeiras três partidas, gostaria de que eles viessem para o treino com o mesmo profissionalismo de agora. Temos que ser profissionais, trabalhar duro, independentemente do que vem pela frente. A gente não tem que pensar nisso (na pressão), porque o adversário vem igual, trabalhou igual – avalia Alemão.

No comparativo das seis principais estatísticas, o Pato-PR leva a melhor em comparação a Blumenau. A equipe paranaense marcou 81 pontos em média, contra 71,3 dos donos da casa nesta noite. Em rebotes, 40,6 contra 40. Nos arremessos para três pontos, 9 a 7,33, em média, e, em lances livres, 17,3 a 7,3. Os índices em que os blumenauenses ganham são em assistências, 16 a 12, e arremessos para dois pontos, 21 a 18,3.

Ingressos para o jogo custam R$ 10.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação